Meio Bit » Baú » Internet » Contornando o bloqueio do Youtube

Contornando o bloqueio do Youtube

07/01/2007 às 1:10

Alguns usuários reportam que seus provedores de internet efetuaram o bloqueio do site Youtube. Isso é ridículo. Mais ridículo ainda é refletir sobre como a nossa justiça é... injusta. Uma pessoa que comete um crime (sim, transar em locais públicos é tão crime aqui quando na Espanha, chama-se Atentado ao Pudor) consegue uma liminar na justiça que põe em xeque a liberdade de expressão de 20 milhões de usuários da internet brasileira. O absurdo é tão grande e a decisão tão arbitrária que o juiz que assinou a liminar veio a público fazer um mea culpa e empurrar o brasileiríssimo "não foi bem isso que eu quis dizer". Novamente ridículo.

A liminar não obriga a censura (sim, o termo é censura) do Youtube, apenas obriga que o vídeo não seja mais exibido. E ainda que censurar o Youtube para os usuários brasileiros seja completamente exeqüível impedir que mais alguém assista o vídeo não é. Então, além de um juiz brasileiro estar arbitrando utopias, como se não tivesse nada melhor para fazer, empresas de internet que deram férias ou demitiram seus profissionais jurídicos adiantaram-se e estão afrontando o direito de seus clientes de terem livre acesso à informação. Devo repetir que isso é ridículo?

Felizmente contornar o problema é fácil sim, se você consegue instalar uma impressora, pode configurar seu navegador para acessar o Youtube, mesmo que seu provedor tenha voltado à época da ditadura militar. Um artigo simples, com screenshots, publicado no BR-Linux ensina o necessário para que você recupere seu direito de ver o que quiser com seu computador usando a banda larga que você, e não a Cicarelli, paga.

relacionados


Comentários