Meio Bit » Baú » Internet » Sites religiosos têm 3 vezes mais chances de conter malware do que sites pornográficos

Sites religiosos têm 3 vezes mais chances de conter malware do que sites pornográficos

07/05/2012 às 18:04

Benzadeus! O resultado surgiu em uma pesquisa da Symantec, estudando entre outros dados os 5.5 bilhões de ataques interceptados em 2011 - um aumento de 81% em relação a 2010.

O curioso é que os sites pornográficos, naturalmente associados a conteúdo questionável, atividades suspeitas e toda sorte de preconceito que envolve a indústria de entretenimento adulto foram os mais bem-comportados e bem-administrados do ponto de vista técnico.

Enquanto 19.8% dos sites contaminados eram blogs ou sites de notícias, somente 2.4% eram pornográficos. O percentual é menor até do que sites de saúde e medicina (2,7%) e sites de ecommerce (10%). Até os nerds de raiz, com sites de Informática e Internet perderam, somando 6,9% dos sites contaminados.

Detalhando a estatística, os sites pornográficos contaminados tinham em média 25 malwares ou ameaças de contaminação. Os sites religiosos/ideológicos chegavam a 115 malwares.

A hipótese da Symantec é que os sites adultos, por dependerem de dinheiro direto de seus assinantes, tem um interesse maior em manter esses usuários felizes e livres de bandidagem digital.

Um cliente que visite o site e tenha seu computador sequestrado não irá voltar.

Já no caso dos sites religiosos, como não há uma monetização direta, há menos motivação para garantir a segurança do visitante. Mais ainda: É possível que uma dose de ingenuidade, mais a falta de know-how faça com que os sites religiosos não recebam a atenção técnica de qualidade de que necessitam.

Mais que uma lição sobre aparência, primeiras impressões é pré-conceitos, essa história é uma dica clara: Visitando os RedTubes da Vida sua alma pode até ser condenada à perdição eterna, mas seu computador tem menos chance de ir pro Inferno.

Fonte: MA

relacionados


Comentários