Meio Bit » Arquivos » Games » Para diminuir pirataria, desenvolvedor pede Steam no Android

Para diminuir pirataria, desenvolvedor pede Steam no Android

03/05/2012 às 11:10

dori_and_02.05.12

Uma das maiores reclamações dos estúdios em relação ao Android como plataforma de jogos é a facilidade na pirataria e pouco depois de lançar o Football Manager Handheld 2012 para o sistema do robozinho, Miles Jacobson, diretor da Sports Interactive, revelou em um blog a impressionante informação de que a taxa de pirataria na plataforma está na casa de 90% e sugeriu que o Steam poderia ser uma ótima maneira de resolver o problema.

O que precisamos realmente para o Android é uma loja que não apenas torne fácil para as pessoas comprar e acessar seus jogos, mas que também ofereça serviços como placares globais e funções de comunidade, além de um DRM que não incomode o consumidor. Um sistema que lhe permita jogar com seus amigos. Uma loja online que atue essencialmente como o iTunes, o Game Centre e uma rede social para os usuários do Android, tudo em um só lugar.

O PC e o Mac receberam uma grande inovação há alguns anos construída por Gabe Newell e sua equipe na Valve que faz tudo isso, ela se chama Steam. Algo como o Steam no Android pode revolucionar o mercado para todos nós – estamos numa época em que as desenvolvedoras e as editoras estão virando as costas para o Android devido a todos os problemas que o mercado possui, ao invés de abraçá-lo.

Jacobson também declarou que não há desculpas para a a pirataria e atacou aqueles que apontam o preço do jogo (cerca de R$ 19) como motivo para ele ter sido tão pirateado, dizendo que os jogos são uma forma de entretenimento e não uma direito humano.

Eu não sei se a ideia dada por ele seria válida, mas a minha dúvida mesmo é porque o Google não faz nada em relação a isso, afinal, a responsabilidade deveria ser deles, mas será que a empresa está interessada em resolver o problema?

[via Eurogamer]

relacionados


Comentários