Meio Bit » Baú » Hardware » Pesquisa diz que 30% dos consumidores comprariam uma TV da Apple. AHAM.

Pesquisa diz que 30% dos consumidores comprariam uma TV da Apple. AHAM.

24/04/2012 às 10:36

penn-&-teller-bullshit!

Os números não mentem, quem mente são as pessoas que interpretam os números. O resultado nunca é bom para o principal interessado, o dono do objeto da pesquisa. Em busca de dar uma interpretação positiva, no melhor estilo cartomante e bolinho da sorte, em alguns casos a conclusão é tão, tão distante da realidade que chega a ser risível.

Um bom exemplo é a pesquisa feita pela Toluna, entrevistando 6000 “donos de TV” (não no sentido Sílvio Santos) e perguntando sobre a possibilidade de uma televisão da Apple.

O resultado foi (nada surpreendentemente) positivo. Bolas, com a imagem que tem no mercado exame de próstata da Apple terá visão positiva, com muitos donos de iPhone pedindo inclusive uma segunda opinião, a do anular.

Segundo os dados pesquisados, 30% dos consumidores nos EUA acham a idéia de uma TV da Apple atraente. Entre consumidores que já são usuários da marca 40% gostariam de possuir um aparelho se fosse lançado.

Agora o melhor e mais irrelevante fato: “os mais interessados em trocar de TV são os donos de TVs LG Samsung e Sony”.

Well, faz sentido que a maioria interessada esteja entre os usuários das 3 maiores marcas, não?

O estudo não quer dizer NADA, a indústria de TV é fundamentalmente diferente da de gadgets, as tentativas de criar um híbrido até hoje foram pífias, vide SmartTVs, Google TVs e AppleTVs.

As margens de lucro são baixíssimas, uma TV Westinghouse (não pergunte) FullHD, 46 polegadas, 120Hz no Walmart custa US$519,98. O consumidor de TV está acostumado a pagar pouco. Novidades tecnológicas só interessam quando há uma melhoria visível, como a mudança de tubo pra LCD.

Ninguém quer rodar Apps na TV, 3D por enquanto é uma novidade que só serve pra encher a gaveta com aqueles óculos chatos. O ato de assistir TV continua sendo 100% passivo (ui!). A interação, prometida a décadas demorou tanto a chegar que nós que a Apple criou todo um mercado e sem-querer resolveu essa demanda.

Hoje 85% dos donos de tablets os usam enquanto assistem TV. A TV Interativa já existe e funciona, não graças às TVs e a última coisa que alguém quer é MAIS lixo sendo sobreposto ao conteúdo, já bastam as logos, crawlers, anúncios de novas atrações e avisos de promoções. Essa Filosofia Bloomberg transformou telas limpas em penteadeiras de damas que trocam favores por dinheiro.

Um dos poucos modelos que funcionaria é uma TV da Apple profundamente ligada ao iPad, com toda a interação social restrita a ele. No fundo, seria uma TV com uma AppleTV melhorada embutida. Não quero uma TV rodando joguinhos capengas, quero uma que exiba os jogos top rodando no meu tablet.

ISSO a Apple (e todo mundo) resolve com uma caixinha, sem ter que entrar no atoleiro dos fabricantes de TV. O segredo é fazer o consumidor comprar essa caixinha. É complicado pra caramba mas é mais fácil do que convencer o sujeito a trocar de TV, por mais que ele diga em pesquisas que quer trocar.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários