Meio Bit » Baú » Miscelâneas » A Vida Imita Big Bang Theory: Físico escreve tese para refutar multa de trânsito

A Vida Imita Big Bang Theory: Físico escreve tese para refutar multa de trânsito

18/04/2012 às 18:14

sheldonjuiz

Dimitri Krioukov é um físico russo trabalhando na Universidade da Califórnia, em San Diego. Tal qual Sheldon Cooper, foi agraciado com uma multa de trânsito, a qual sob seu ponto de vista fora erroneamente aplicada.

Munido de uma cara-de-pau enorme e profundos conhecimentos científicos, ele apresentou uma defesa completa, criando um teorema onde demonstra que a percepção do guarda de trânsito é relativa, e na verdade ele não passou direto numa placa de PARE, apesar do observador ter testemunhado a infração.

O trabalho é todo detalhado, com direito a gráficos e equações:

defesasheldon

O texto completo pode ser visto aqui (PDF)

A Defesa Sheldon deu certo, juntando-se à Defesa Chewbacca como uma das armas jurídicas mais poderosas. Dimitri foi declarado inocente e livrou-se de US$400 de multa e vários pontos na carteira.

Mesmo assim, no Brasil não daria certo, principalmente no Rio de Janeiro, onde as Leis da Fìsica perdem em hierarquia para a Lei de Trânsito, a Lei do Mais Forte e, em última análise a Lei de Gerson.

Que o digam os casos do sujeito que foi multado por excesso de velocidade em um Corsa, fotografado por dois pardais com uma diferença de 7 segundos, sendo que a distância entre eles era de 4,5Km. Esse Corsa a 2314Km/h ofuscou um Ford Ka que em 2001 foi flagrado pelas câmeras da Prefeitura a 900Km/h na Ponte Rio-Niterói.

O outro caso foi melhor ainda. Um sujeito foi multado por avanço de sinal na Tijuca, entre as ruas Gonzaga Bastos e Pereira Nunes. Tudo bem, se as ruas em questão não fossem paralelas. O sujeito recorreu, explicou que o cruzamento de paralelas só ocorre em dimensões topológicas com fator 4 ou acima, mas mesmo assim a Prefeitura manteve a multa.

Foi preciso uma matéria deliciosamente irônica n´O Globo para a Prefeitura se tocar que podia estar certa (a Prefeitura está sempre certa) mas o resto do mundo acharia a situação um tanto ridícula, então cancelaram a infração.

Fonte: PC

Nota: O artigo de Dimitri foi publicado em 1o de Abril, mas aparentemente o fato foi real (o trabalho é) e a data foi escolhida propositalmente, por não ser uma pesquisa “séria”.

relacionados


Comentários