Meio Bit » Baú » Games » Denúncia: Take-Two está praticando bullying com a THQ!

Denúncia: Take-Two está praticando bullying com a THQ!

09/04/2012 às 7:40

dori_bull_09.04.12

Semana passada Strauss Zelnick, CEO da Take-Two participou de uma palestra no MIT e para ressaltar a qualidade dos jogos produzidos por sua empresa, usou a THQ como exemplo e não teve o menor pudor de atacar diretamente a desenvolvedora.

A estratégia da THQ estava primeiramente em licenciar propriedades. Licenciar coisas de outras pessoas, seja o UFC, a WWE ou filmes e criar jogos em torno disso. A nossa abordagem, desde que assumimos a companhia, é de criar propriedades intelectuais 100% nossas.

A diferença mais importante é a qualidade. A Take-Two possui possui o mais alto índice de qualidade entre as editoras third-party, de acordo com o Metacritic e a maioria das pessoas na indústria. A Qualidade é realmente importante. A THQ possui alguns bons jogos, mas o nível de qualidade deles não são nem remotamente… a qualidade não tem subido.

Por fim, Zelnick fez uma dura previsão, dizendo que em aproximadamente seis meses a THQ não existirá mais, o que é claro, gerou revolta na outra empresa, que através de Angela Emery, vice-presidente de comunicações, afirmou que a percepção do executivo está ultrapassada e é inapropriada, além de ser irresponsável e falsa. Ela ainda sugeriu que talvez fosse melhor ele fazer comentários sobre o seu próprio negócio, algo que concordo plenamente.

Logo depois o falastrão pediu desculpas e disse estar arrependido, mas isso me lembra aquela história de quando o valentão da escola ficava ameaçando um moleque mais fraco e todos ficavam em volta botando lenha na fogueira, só para ver alguém apanhar. O tempo dirá quem está correto nesse episódio, mas o fato é que a THQ não anda muito bem há tempos e o comentário do Sr. Zelnick não deixa de ter razão. Mas talvez este seja apenas eu querendo ver uma briguinha.

[via GameInformer]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários