Meio Bit » Baú » Games » Silent Hill: Downpour e o futuro dos jogos de terror

Silent Hill: Downpour e o futuro dos jogos de terror

06/04/2012 às 9:26

dori_shd_04.04.12

Uma das características de algumas das principais séries de jogos de terror estava na jogabilidade que se não era sofrível, não conseguia superar a de outros gêneros. Quem nunca amaldiçoou os funcionários da Capcom por nos colocar no controle de personagens que nos primeiros Resident Evils mais pareciam tanques de guerra e mesmo o Silent Hill, onde os controles pareciam mais naturais, não podia ser considerado um exemplo a ser seguido.

Com a chegada do Silent Hill: Downpour a Austrália, o produtor Tomm Hulett falou com o MCV Pacific sobre o que espera para o futuro dos jogos de terror e o seu comentário foi no mínimo curioso.

Os jogos de terror estão numa posição interessante hoje em dia. Penso que até certo ponto o gênero teve sorte quando começou. Muitos dos elementos de horror ‘encaixaram’, como combates desajeitados, câmeras confusas e coisas do tipo. Contudo, a jogabilidade de pouca qualidade não poderia ser uma funcionalidade para sempre, então todos corrigiram os combates – resultando em jogos de ação com monstros assustadores.

Se os jogos de terror se tornarão assustadores no futuro, será preciso um cuidadoso game design para atingir isso. Será difícil convencer as pessoas a gastarem dinheiro/tempo em designs horríveis. Se você tem uma jogabilidade tensa e assustadora acontecendo naturalmente e então alguns sustos cuidadosamente orquestrados… você terá um memorável jogo de terror. Espero que esta seja a direção que o gênero seguirá.

Oras, a opinião do sujeito até faz sentido, mas não é estranho ele vir justamente de alguém envolvido na criação de um jogo que não foi muito bem recebido e pior, que possui combates como esses? Pelo jeito é o típico “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários