Meio Bit » Baú » Games » Obrigado por estuprar minha infância, Star Wars Kinect

Obrigado por estuprar minha infância, Star Wars Kinect

03/04/2012 às 2:48

loisleia

Não entendam mal: Há partes BEM legais no Star Wars Kinect, eu VOU comprar um XBOX 360 por causa desse jogo, mesmo estando no fim do ciclo de vida do console, por causa desse jogo. Brincar na corrida de pods foi muito, muito legal, usar a Força e o sabre de luz é a realização de um sonho de criança, mas há partes indesculpáveis.

Foi divulgado que ele tem um módulo estilo simulador de dança, onde você tem que jogar como… Slave Leia. OK, TUDO BEM, é sexualmente confuso, mas todo mundo adora jogar como Lara Croft, Portal não ofendeu ninguém e nem vou falar de Metroid.

O que não dá é a fase dançante abaixo, numa boate na Cidade das Nuvens em Bespin,com Lando Calrisian de Mestre de Cerimônias (MC Lando!), Lobot atacando de DJ e você dançando como… Han Solo.

Isso mesmo. O General da Aliança Rebelde, ladrão de corações, grande contrabandista coreliano antes de ser congelado em Carbonite passa pela vergonha de uma dancinha coreografada.

Em South Park foi mostrada uma cena, referenciando-se ao Indy 4, onde George Lucas e Steven Spielberg sodomizam cruelmente Indiana Jones.

Lucas reincidiu no crime. desta vez a vítima é Han Solo. Vejam. A única vantagem é passar a apreciar Jar-Jar e o Especial de Natal como algo bem menos ofensivo à mitologia da série.

Isso não torna as fases legais menos legais, mas gera uma sensação de constrangimento como assistir uma maratona de X-Men, terminar First Class e seus amigos te flagrarem na hora em que começa a passar Wolverine.

Fonte: Kotaku

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários