Meio Bit » Baú » Games » BigN explica porque jogos do Mario continuam agradando

BigN explica porque jogos do Mario continuam agradando

16/03/2012 às 15:02

dori_sml_12.03.12

Lançar um jogo que faça sucesso não é uma tarefa muito fácil e sustentar uma série por alguns anos é ainda mais complicado. O que dizer então de uma marca nascida no início da década de 80, que passou por diversas gerações e que consegue manter-se relevante até hoje, vendendo não apenas milhões de cópias de seus jogos, mas ajudando também a vender consoles?

Talvez os games do Mario sejam uma exceção, mas o fato é que a Nintendo parece ter o dom de reinventar a franquia (não só ela, diga-se) e ao ser perguntando pelo pessoal do GamesRadar sobre qual seria o segredo para isso, Koichi Hayashida, diretor do Super Mario 3D Land deu a seguinte explicação:

Um dos elementos é que toda vez que lançamos um novo hardware, as capacidades únicas daquela tecnologia nos levam a descobrir novas combinações para a jogabilidade que sejam familiares ao universo do Mario. Novo com algo especial daquele hardware. Essa combinação do familiar com o novo dá às pessoas a sensação de algo revigorado.

Durante a Game Developer Conference, o próprio Hayashida admitiu no entanto que não é só o avanço do hardware o responsável pela longevidade da franquia e revelou os três itens na receita para o sucesso da série, que lhe foi passada por Shigeru Miyamoto: sempre considerar ideias que estejam além do que as pessoas esperam da série; fazer com que os jogadores deem risada de conceitos que as surpreendam e por fim, algo que está diretamente relacionado ao comentário transcrito acima, que todos os envolvido na produção devem conhecer profundamente o sistema para qual o jogo está sendo desenvolvido.

Acho que um título consegue ilustrar muito bem essa ideia, o Super Mario 64, que além de ter se aproveitado do poder de processamento do Nintendo 64 para levar o personagem para as três dimensões, também valeu-se da alavanca analógica do controle para tornar a jogabilidade muito melhor e levou vários conceitos importantíssimos para a franquia e ajudou a definir como seriam os jogos de plataforma em 3D.

É claro que tais dicas não valeriam para muitos outros jogos, mas ainda assim, será que alguém ousaria afirmar que eles estão fazendo a coisa da maneira errada?

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários