Meio Bit » Baú » Games » Itagaki e a diferença entre as desenvolvedoras japonesas e ocidentais

Itagaki e a diferença entre as desenvolvedoras japonesas e ocidentais

02/03/2012 às 11:20

dori_dvi_28.02.12

Mais conhecido por ter sido o principal pilar do Team Ninja, onde revitalizou a série Ninja Gaiden e criou o Dead or Alive, Tomonobu Itagaki saiu da Tecmo em 2008 para fundar o Valhalla Game Studios e lá está trabalhando em parceria com a THQ no desenvolvimento do Devil’s Third.

Crítico ferrenho da atual situação da indústria japonesa de jogos, o game designer concedeu uma entrevista à GameInformer onde citou o investimento como o motivo para as desenvolvedores ocidentais estarem se saindo melhor que as da Terra do Sol Nascente.

Estou trabalhando com a THQ há dois anos e meio e quando estava trabalhando no Japão eu era a própria editora, então não posso comparar muito porque isso é diferente, as circunstancias são muito diferentes. Eu realmente entendo o que a editora pensa porque eu costumava estar na editora. A única coisa completamente diferente entre as editoras ocidentais e orientais é o orçamento. Eu já criei mais de 30 jogos e se você colocar um pouco mais de dinheiro no que estou fazendo agora, Devil's Third, eu poderia fazer todos os 30 jogos que fiz antes. Essa é a grande diferença. O orçamento que você utiliza para a divulgação é completamente diferente também.

Caramba, 30 jogos pelo preço de um? Enfim, é claro que ninguém dirá que a qualidade de um jogo está unicamente ligada ao valor investido no seu desenvolvimento, mas no caso de grandes produções isso é um fator muito importante e que segundo Itagaki, estaria impedindo que grande parte dos jogos criados no Japão pudessem competir com os feitos por aqui, pois para ele, não há dificuldade em desenvolver jogos lá, apenas que as empresas locais estão limitadas ao orçamento que lhes é liberado.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários