Meio Bit » Baú » Hardware » Marinha mais próxima do sonho da Railgun própria

Marinha mais próxima do sonho da Railgun própria

28/02/2012 às 21:26

vlcsnap-00003

Uma das coisas mais legais de Transformers fora a Megan Fox é que ao contrário da maioria dos filmes de Ficção Científica no filme de Michael Bay os alienígenas não são onipotentes e invulneráveis.

Uma boa dose de munição perfurante de blindagem estraga o dia deles. De resto os filmes são inverossímeis ao extremo, mas mesmo no meio do samba do crioulo doido que MB faz, às vezes o mais absurdo é absolutamente verdadeiro.

No ápice do segundo filme da trilogia o personagem de John Turturro manda que o Capitão do USS John Stennis e da força-tarefa inteira utilize um protótipo de uma arma, uma Railgun, contra o Decepticon Boludo que estava destruindo uma pirâmide, aproveitando que o Zahi Hawass estava de férias.

O Capitão protesta, diz que é informação secreta, bla bla. No final o Decepcticon vai pra vala com um único tiro.

A única coisa realmente FC na cena é o Decepticon. A Marinha dos EUA tem um projeto de railguns, desenvolvido junto com A BAE Systems, e por algum motivo adoram postar vídeos de seus progressos.

O conceito da Railgun é super-simples: Uma série de campos magnéticos acelera um projétil metálico a uma velocidade boçal. Dotado de Toneladas de energia cinética, o projétil segue uma trajetória baseada nas Leis físicas que já eram conhecidas de Leonardo DaVinci, e atinge o alvo com um poder de destruição imenso, dispensando a necessidade de qualquer tipo de carga explosiva.

Railguns são excelentes para navios pois demandam espaço e muita, muita eletricidade. Duas coisas que navios costumam ter de sobra.

O protótipo da Marinha ainda está na fase de testar o canhão em si, não o projétil, por isso ele parece mais uma biela do que qualquer outra coisa, mas no vídeo abaixo, recém-divulgado dá para ver a velocidade e a energia do bicho.

Lembre-se, ele não tem NENHUM explosivo, o canhão é elétrico. A explosão que você vê é apenas o ar entrando em combustão por causa da velocidade da bala, digo, biela.

Faz jus ao lema do projeto, Velocitas Erradico – Velocidade Destrói.

Fonte: GL

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários