Meio Bit » Baú » Games » Um novo Medal of Honor (mas sem o Bin Laden)

Um novo Medal of Honor (mas sem o Bin Laden)

28/02/2012 às 11:35

dori_moh_28.02.12

Na última semana a Electronic Arts confirmou algo que todos já esperavam, em breve a série Medal of Honor receberá um novo capítulo, subintitulado Warfighter. O game será novamente desenvolvido pela Danger Close, usando dessa vez a engine Frostbite 2, o que é garantia de belos gráficos.

Como nesta nova fase a franquia trocou a Segunda Guerra pelo combate ao terror, mostrando algumas missões executadas pelos Tier 1 Operators, a elite da lite de algumas forças armadas e que foram responsáveis por encontrar e eliminar Osama Bin Laden, havia uma certa expectativa de que o novo jogo pudesse recriar aquele momento, mas o produtor Greg Goodrich tratou de eliminar tal possibilidade.

Não é a nossa história a ser contada. Aquilo é ‘questão de família’ para os Tier 1 Operators. Tem sido um interessante exercício aprender o que pode e o que não pode ser reproduzido no jogo.

É, pelo jeito esse pessoal do “Clube da Luta com armas” não está muito disposto a contar todas as suas histórias e a equipe responsável pelo game é que não será boba de colocá-los contra a parede. O irônico nisso tudo é que pelo jeito não há problema em matarmos dezenas de civis virtuais em aeroportos ou aniquilar Fidel Castro (como diria o Cardoso, “Eu sei!”), mas colocar uma bala na cabeça do até então homem mais procurado do mundo é algo muito pesado para ser contado num videogame.

Bom, neste caso, acho que o correto seria dizer que tem gente por aí que não está querendo cutucar a onça com vara curta.

[via CVG]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários