Meio Bit » Baú » Games » Senado pode aprovar lei que censura games no Brasil

Senado pode aprovar lei que censura games no Brasil

19/02/2012 às 3:05

Vou pedir licença pro Dori para escrever um pouco sobre games aqui no Meio Bit. Segundo o Jovem Nerd, o senador Valdir Raupp fez uma lei anti-games "ofensivos" em 2006, e agora pode condenar TODOS os jogos considerados "ofensivos" no Brasil. Sem falar em todo o progresso que se obteve com as campanhas de impostos menores para os jogos que podem ser, digamos, destruidos.

A proposta da lei é a seguinte:

Altera o art. 20 da Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, para incluir, entre os crimes nele previstos, o ato de fabricar, importar, distribuir, manter em depósito ou comercializar jogos de videogames ofensivos aos costumes, às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos.

Não que eu considere legal, mas tenho certeza que esse projeto de lei irá contribuir imensamente com a pirataria. Afinal, se não podemos comprar o jogo no Brasil e não se pode importar, só nos resta uma coisa: The Pirate Bay...

Sem falar que jogos de videogames ofensivos aos costumes, às "tradições dos povos", aos seus cultos, credos, religiões e símbolos. Vamos contar? Grand Theft Auto é o primeiro que nem será lançado no Brasil..., Battlefield incentiva a guerra, Need for Speed incentiva o perigo nas estradas, e um monte de interpretações que os nossos congressistas poderiam ter com determinados jogos. Acho que até Angry Birds pode entrar nessa lista como "matança de pobres animais". AH VÁ.

Largue esse Gamepad!

Se trata de um episódio de censura? Não vou afirmar totalmente, ainda se tem muito esse fantasma da censura no Brasil. Mas que se trata de um projeto ridículo, isso sim. Já não basta a classificação etária dos jogos ser tão burocrática que a Apple, por exemplo, ainda não liberou a compra de jogos aqui no Brasil... Agora vem com essa de proibir a fabricação e importação de jogos ofensivos...

Sou totalmente contra esse projeto de lei. E espero que vocês também sejam.

Com informações do Jovem Nerd.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários