Meio Bit » Baú » Games » Para Activision, games são como um esporte que amamos

Para Activision, games são como um esporte que amamos

17/02/2012 às 11:35

dori_cod_14.02.12

Porque as pessoas gostam tanto de certas franquias, muitas vezes chegando a entrar em conflito com aqueles que não veem tanta graça neles? Será que os games são capazes de nos fazer adorá-los mais do que outras formas de entretenimento?

Pois para Eric Hirshberg, CEO da Activision Publishing, é exatamente isto o que acontece e ao ser perguntando se a indústria está começando a encarar suas criações de um jeito diferente, mais como marcas do que como produtos, ele respondeu:

Os jogos são diferentes, porque não são descartáveis, não são feitos para serem usados apenas uma vez. Eles são como relacionamentos. A maneira como você interage com um jogo tem muito mais em comum com a maneira como interage com um esporte ou um hobby que ama, do que com a forma como assiste um filme, o que você faz por duas horas e então segue adiante. Então acho que tudo o que estamos tentando fazer é olhar para esse comportamento e mudar o jeito como falamos sobre games com as pessoas.

Sou obrigado a discordar a opinião de Hirshberg, pois embora seja verdade que todos nós reservamos um espaço no coração para alguns games, eu pelo menos faço o mesmo com certos filmes, músicas e livros, que por sinal aproveitei por muito mais vezes que boa parte dos jogos, então não acho que esta seja uma exclusividade dos jogos eletrônicos. Além disso, justamente por querer tratá-los como marcas é que as empresas deveriam ter mais cuidado com a imagem deles, evitando lançamentos em curtíssimos espaços de tempo e que pouco trazem em termos de inovação, algo que tenho visto muita gente reclamando, por exemplo, do Call of Duty.

[via Eurogamer]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários