Meio Bit » Baú » Internet » Falta bancada para tanta gente e mais alguns problemas

Falta bancada para tanta gente e mais alguns problemas

09/02/2012 às 19:35

Barracas de Camping (dessas, mais de 100 estão vazias)

Um pouco antes do início da Campus Party, a organização anunciou que apareceram mais 500 vagas extras, que segundo eles fizeram um novo cálculo e descobriram que existia espaço para mais pessoas. Obviamente esse espaço deve ser em algum local de outra dimensão, já que a quantidade de gente sem espaço em bancadas é fenomenal. Melhor é ler o regulamento e conferir que:

2.4. QUOTA DE PARTICIPAÇÃO E DIREITOS DOS PARTICIPANTES.
Existe um único tipo de quota de participação, conforme informado na ficha do usuário, que concede aos participantes o direito ao seguinte:

- Um posto na arena de computadores, onde o participante poderá instalar seu equipamento pessoal, com uma tomada de rede e uma tomada de rede elétrica, caso no momento da inscrição você tenha solicitado o serviço de “Posto com PC”.

É existe esse espaço: os sofás. Quem não conseguiu bancada teve que recorrer ao sofá, ou ficar sentando no meio dos corredores usando internet wi-fi de algumas pessoas que liberaram o acesso c/c Diego Sabino.

Outra coisa que me incomodou foi isso:

Está proibido o consumo e tráfico de bebida alcoólica, cigarros, substâncias psicotrópicas e qualquer outra substância ilegal dentro no local do evento. O não-cumprimento desta norma é considerado infração grave e pode ser punido com a expulsão do evento e a comunicação às autoridades competentes.

Não estou reclamando da proibição. Estou reclamando da burrice da organização de permitir a venda de bebida alcoólica na lanchonete da arena como foi postado pelo Thássius. E quando perguntaram sobre a possibilidade de beber, falaram que: a lanchonete até poderia vender ao campuseiro, mas ele seria multado. CADÊ LÓGICA? Também possuem uma vitrine com cigarro, mas só as caixas, vazias.

Mas a pior coisa é receber crachá de imprensa. As vantagens são: participar de coletiva de imprensa e... participar de coletiva de imprensa. Do resto, para um campuseiro "veterano" é um verdadeiro lixo. Imprensa não tem acesso à área de camping e nem pode ter barraca, não é permitida a transferência de barracas... E o melhor: existem mais de 100 barracas vazias. Uma delas é de uma amiga minha que não pôde vir, pagou R$300, já tinha passado o prazo de devolução e ela descobriu que a mãe dela precisaria fazer uma cirurgia tensa dias antes da Campus. Entrou em contato com a organização e eles falaram que: passados os 14 dias, não podiam fazer nada...

A alguns minutos eu estava no stand de Incidências perguntando sobre a possibilidade de transferir o camping do Nick para mim (já que ele não ficará até o final da Campus), a resposta que me disseram foi: "é impossível transferir, já que existem participantes que chegarão Sábado ou Domingo e vão querer as barracas que eles pagaram. Repito: CADÊ LÓGICA? Quem em sã consciência vai vir no DOMINGO, o dia em que a Campus Party não tem ninguém?! Ou sábado que já está todo mundo indo embora... Ah vá, desculpa de amarelo (sem preconceito com os amarelos). Ou seja, são mais de 100 barracas completamente vazias, sem ninguém e ninguém vai poder ocupar esse espaço, nem que pague por fora. Nem que seja para que deixe a mochila lá...

Esse parágrafo responde a pergunta de alguns: "se não gosta, pra que veio?!". Gosto da Campus Party, gosto do networking, gosto de conhecer as pessoas que eu só conhecia via Twitter, Facebook, Blog ou Site pessoalmente, gosto de fazer contato com novas pessoas, é para isso que eu venho.

Ontem falei da rapidez da organização em alguns fatores. Hoje estou falando de alguns fatores negativos. Nenhum evento é 100% bom, nenhum, por mais que a organização tente fazer da forma mais eficiente possível. Mas existem diversos fatores que terminam tornando a experiência do local bem que desagradável. Espero que na próxima Campus Party, esses erros sejam corrigidos (e façam o uso do Anhembi novamente, muito melhor em relação ao Imigrantes, só não vendam ingressos extras sem ter mesa para todo mundo e liberem venda de camping para imprensa...).

O post fica aberto a comentários da organização caso queira responder algo sobre o artigo. Enviei e-mail para a assessoria de imprensa da organização sobre o post e assim que mandarem alguma resposta eu atualizo esse post.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários