Meio Bit » Baú » Games » GFACE, a rede social da Crytek

GFACE, a rede social da Crytek

06/02/2012 às 8:35

dori_gfa_06.02.12

A Crytek, mais conhecida pela séria Crysis e suas poderosas engines que tiram até a última gota do poder de processamento dos computadores, revelou um projeto interessante, mas que corre o mesmo risco das outras redes sociais, ser esquecida logo após o seu lançamento.

Chamado de GFACE, o serviço funcionará como uma mistura de rede social com streaming de jogos, sem que o usuário precise fazer o download para jogar e tendo sua vida facilitada na hora de convidar os amigos para uma partida. Não se sabe ao certo quando ele começará a funcionar, mas a desenvolvedora já aceita inscrições para o beta fechado e embora os títulos que estarão disponíveis não tenham sido revelados, eles deixam claro que tanto o público casual quanto o hardcore serão atendidos e imagens sugerem que o Warface será um deles.

O GFACE permite que seus usuários descubram e experimentem juntos o entretenimento em tempo real… Queremos que todos joguem gratuitamente em qualquer lugar,” disse Cevat Yerli, presidente da Crytek.

Como ele funcionará direto do navegador, estará disponível para vários dispositivos e uma das ideias mais interessante proposta pelo GFACE está em um jogo de tiro em primeira pessoa onde no computador a pessoa o encara da maneira tradicional, enquanto que no celular ela fica responsável pelo suporte aéreo, vendo o campo de batalha como se estivesse a bordo de um bombardeiro e em um tablet ela organizará as unidades, como se fosse um jogo de estratégia.

Vamos ver se a ideia obterá sucesso, mas acredito que o serviço tenha potencial, especialmente por não estar restrito apenas ao jogos, oferecendo através de uma interface limpa e muito bonita maneiras de compartilharmos informações que acharmos interessantes, como vídeos, fotos e músicas, fazendo com que o GFACE seja mais do que uma rede social para gamers, sendo indicada para todos que gostam de entretenimento no geral. Resta saber se ela continuará obtendo suporte após sua disponibilização e se os usuários estarão dispostos a fazer parte de mais um site como este.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários