Meio Bit » Baú » Indústria » Como se diz na Microsoft, quem tem cx tem medo

Como se diz na Microsoft, quem tem cx tem medo

23/01/2012 às 10:49

Tradução é uma desgraça. Em algum lugar, em algum momento o termo utilizado será mal-interpretado, terá um significado local inadequado ou soará… bobo. É o caso da Chana Motors, que virou Changan no Brasil, ou da Pajero, termo que virou Montero pois em espanhol significa Defensor de Software Livre.

No cinema o mais azarado com isso é George Lucas, que mesmo pesquisando bastante ainda se saiu com Capitão Panaka, Mestre Jedi Sifo Diaz e o Conde Doku.

Mesmo quando não se trata de produto, as traduções podem causar problemas, como a Microsoft.

Por um tempo nas comunicações internas da empresa a abreviação para customer (cliente) seguia a regra de utilizar as duas primeiras letras da palavra. Depois de muita troca de emails e brasileiros rindo até não poder mais, explicaram que tratar o cliente daquele nome não era uma boa política, e por mais que muito cliente seja um bom asshole, eu concordo.

Hoje a abreviatura de customer na Microsoft é cx, mas em algum lugar deve haver memorandos com a versão antiga. imagino que sejam… curiosos.

Fonte: ONT

relacionados


Comentários