Meio Bit » Baú » Fotografia » Tripé Manfrotto 055XPROB - primeiras impressões

Tripé Manfrotto 055XPROB - primeiras impressões

22/01/2012 às 21:09

Chegou a hora de comprar um tripé. Acho que todo mundo já passou por esse momento em sua vida de fotógrafo. Geralmente deixamos para depois a aquisição de um tripé mais encorpado. Se você não trabalha apenas com macrofotografia ou fotos de produtos, então o tripé não é um acessório que você vá utilizar todos os dias. Mas, uma coisa é certa. Você pode utilizar o tripé apenas uma vez por ano, mas quando precisa, ele faz muita falta, e como todo mundo pensa desta maneira então ninguém vai ter um bom para lhe emprestar. Por isso é hora de colocar a mão no bolso e comprar um tripé Manfrotto. Foi isso que um amigo meu fez e se encontra muito feliz com sua compra.

Mas, você pode me perguntar por que um Manfrotto se existem possibilidades bem mais baratas no mercado? Por que, acredite se quiser, ele é a opção mais barata quando falamos de qualidade e confiabilidade. Tripé tem que ser firme e pronto. Modelos que não entregam firmeza simplesmente não servem para fotografia. É melhor fazer um investimento alto agora e ter um bom tripé por muitos anos do que gastar pouco e ter dor de cabeça pelo pouco tempo que o tripé vai durar. O modelo escolhido para a compra foi o 055XPROB. A primeira impressão é de um equipamento firme e resistente. O mesmo é feito de alumínio e pode suportar equipamentos com peso de até 7Kg. Como o objetivo é apenas para câmeras fotográficas, mesmo com grip, flash e uma lente 70-200mm este limite de peso não é excedido.

A segunda preocupação, pelo menos em meu caso, é a respeito do altura total do tripé. Se não tiver a minha altura o acessório torna o ato fotográfico algo desconfortável. O 055XPROB possui 142cm de altura sem utilizar a coluna central. Ao utilizar a coluna o tamanho dele sobe para 178,5cm. Ao contrário das girafas que encontramos nos tripés baratos, a coluna central do Manfrotto é firme e não sofre vibração. Outra coisa útil que encontramos é que esta coluna central pode ser deslocada verticalmente sem a necessidade de desmontar o tripé. Existem três sessões em cada pé onde as presilhas de travamento são suaves e fáceis de serem acionadas e travadas. As pernas podem abrir em três ângulos diferentes permitindo que o topo da coluna central fique a 10cm do chão. As travas de abertura das pernas também são bem macias e fáceis de serem utilizadas. Duas das pernas possuem suporte emborrachado para facilitar o transporte. Segundo o manual de usuário, em regiões frias da Europa é impossível segurar as partes de alumínio por conta da temperatura. O suporte emborrachado também oferece conforto se você levar ele apoiado no ombro já que o brinquedinho pesa 2,4Kg.

Infelizmente, a compra não fica apenas nisso. Para utilizar o tripé é necessário também adquirir uma cabeça. A escolhida foi a 808RC4. A cabeça, de três vias, possuí uma quantidadecompleta de movimentos. Ela gira em 360º e possui inclinação lateral de -30º até 90º e uma inclinação frontal de -30º a 90º. Na base de cada rotação existe uma graduação em graus que possibilita fazer os movimentos de uma maneira exata. Embora não seja uma cabeça específica para fotografia panorâmica é possível fazer alguns trabalhos bem planejados com ela. Outro ponto muito bacana é o sistema de compensação com molas que não permitem que seu equipamento caia bruscamente quando uma das travas da rotação é solta. Com a cabeça o tripé adquire outro tamanho, tornando desnecessária a coluna central se você tem até 1,80m de altura. A cabeça sozinha pesa 1,370 kg e pode suportar um peso de 8Kg. Além da rosca de fixação no centro do tripé, a cabeça também deve ser presa por três parafusos laterais para que a rotação de 360º não desatarraxe a cabeça.

Como todo equipamento profissional, todas as rotações e regulagens da cabeça e das pernas do tripé são muito suaves e macias. Uma compra aonde você não vai se arrepender. Embora não possa ser classificado como um investimento leve, esse conjunto foi o mais barato que pôde ser montado levando em conta a qualidade oferecida. O conjunto foi comprado no país vizinho e as pernas saíram por US$ 210,00 e a cabeça por US$ 160,00.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários