Meio Bit » Baú » Games » As 5 músicas de games que mais me marcaram

As 5 músicas de games que mais me marcaram

12/01/2012 às 13:57

Por ser uma forma de entretenimento extremamente ligada à visão, muitas vezes os jogadores estão mais preocupados se um game tem gráficos capazes de levar os consoles ao limite e acabam esquecendo de um aspecto de extrema importância na criação da atmosfera dos jogos, a trilha sonora.

Pensando nisso, resolvi fazer uma listinha com algumas músicas que me lembrassem rapidamente dos seus respectivos jogos e não sei dizer ao certo se os cinco escolhidos são títulos antigos porque naquela época jogávamos por mais tempo, o que facilitava a impressão daquelas faixas no nosso cérebro, ou se o motivo foi porque a limitação técnica dos 8 e 16-bits obrigavam o compositor a ser mais criativo, mas seja como for, aposto como as músicas que citarei trarão boas lembranças a muita gente.

Antes de irmos aos escolhidos, só quero mencionar que abaixo de cada imagem tem um player com a música escolhida e aproveito para dizer que meu intuito aqui não foi apontar qual música é melhor ou pior. Sei também que muitos outros temas ficaram de fora, por isso peço que utilizem os comentário no final do post para dizer quais músicas mais lhes marcaram e fica o aviso, não me responsabilizo caso você fique assobiando essas obras-primas durante o resto do dia.

dori_top5_01.12-5

É inevitável, qualquer pessoa com mais de vinte anos que cresceu jogando Super Mario Bros. cantarola a música da primeira fase do jogo mesmo sem perceber. Até Nobuo Uematsu já sugeriu que o tema fosse transformado no hino do Japão, mas exageros a parte, se os games tivessem um hino, certamente seria a criação de Koji Kondo, pois provavelmente não existe música mais conhecida no mundo dos games.

dori_top5_01.12-3

Tudo bem, a música tema do Guile até virou meme, mas quer saber? Para mim nenhuma faixa representa melhor a série Street Fighter do que a tocada no estágio do Ken. Sinceramente não conseguiria lembrar quanto gastei nos fliperamas ao som dessa música e sempre que a ouvir me lembrarei da minha infância e do principal jogo de lutas de todos os tempos (pelo menos para mim).

dori_top5_01.12

Outro clássico memorável de uma época em que as trilhas licenciadas eram raras. Cansei de ir a uma locadora pagar por hora para jogar o Top Gear porque não tinha um Super Nintendo e bastava entrar no local para saber, apenas ouvindo essa bela música, que alguém já estava disputando corridas emocionantes em um dos melhores jogos de corrida da geração 16-bits. Só é uma pena a série ter morrido, mas se fossem para estragá-la, é melhor que tenha ficado mesmo apenas na nossa memória.

dori_top5_01.12-2

O meu primeiro videogame depois do Atari foi um Mega Drive e acho que nunca me esquecerei da primeira vez que joguei o Sonic The Hedgehog, que jogo fantástico. Quando ele chegou ao console da Sega não existia nada parecido, os gráficos coloridos, a velocidade nauseante e claro, aquela trilha sonora fantástica, que já na primeira fase mostrava que estaríamos diante de algumas das melhores músicas já criadas para um game.

dori_top5_01.12-4

É claro que o primeiro lugar precisava ficar com o título que estreou meu Mega Drive e apesar de todas as músicas compostas pela lenda Yuzo Koshiro para o Streest of Rage serem de altíssima qualidade, aquela que mais me marcou foi a que toca na abertura, provavelmente por ter sido a primeira vez que ouvi algo mais elaborado do que os blip-blips do Atari ou das músicas tocadas nos Nintendinhos e Master Systems dos meus amigos.

relacionados


Comentários