Meio Bit » Arquivos » Games » Kojima fala sobre dificuldades da indústria japonesa

Kojima fala sobre dificuldades da indústria japonesa

06/01/2012 às 11:45

dori_koj_04.01.11

Durante uma entrevista para a edição britânica da Revista Oficial do Playstation, Hideo Kojima voltou a falar da atuação situação das produtoras japonesas de games, da maneira como elas perderam a capacidade de encarar as empresas ocidentais e de como a invasão de FPSs no mercado é responsabilidade dos consumidores.

É muito mais competitivo agora. Se você olhar para os jogos AAA em uma escala global, há talvez dez jogos realmente grandes que chamam a atenção dos jogadores e não tenho certeza se o Japão pode competir neste nível.

Acho que se trata mais daquilo que os consumidores querem – neste momento, os consumidores estão felizes. Os jogos de tiro em primeira pessoa vendem como louco, então não há uma forte demanda por nada mais e é por isso que as ideias originais deixaram de aparecer.

As pessoas estão satisfeitas com as pequenas melhorias e ajustes aqui ou ali – enquanto esse for o cenário, isso continuará acontecendo. Não vejo um problema necessariamente, mas ao mesmo tempo é bom ver coisas novas surgindo.

Kojima disse também que mudar completamente uma série, fazendo-a recomeçar do zero é algo muito difícil e concordo plenamente com tudo o que disse. Somos nós os principais responsáveis por a indústria não apresentar grandes novidades e as baixas vendas de novas franquias mostram a falta de interesse dos jogadores em qualquer coisa que não leve a marca Call of Duty.

O que acho interessante é que embora Hollywood seja constantemente alvo de críticas, não vemos todos os anos o lançamento de um 007 ou Indiana Jones e mesmo considerando válida a tentativa das desenvolvedoras de não deixarem morrer suas principais franquias, não é um pouco exagerado termos trezentos Final Fantasies ou cento e cinquenta Resident Evils?

[via CVG]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários