Meio Bit » Arquivos » Games » Como a Bungie quer melhorar a parte gráfica dos games

Como a Bungie quer melhorar a parte gráfica dos games

28/12/2011 às 15:04

dori_mar_28.12.11

Se para boa parte dos jogadores a qualidade gráfica atual já está bastante satisfatória, para Hao Chen, engenheiro gráfico sênior da Bungie, alguns aspectos deverão ser melhorados nos próximos anos, o que poderá acontecer com a chegada de seu novo jogo, um FPS massivo que por enquanto é conhecido como Tiger e talvez nem seja lançado nesta geração, utilizando uma engine própria.

O número um é eliminar os artefatos digitais… eliminar todo o serrilhado, ter bordas mais limpas e cabelos fantásticos sem artefatos. Eliminar esses artefatos que lembram as pessoas que elas estão olhando para uma tela de computador é uma das nossas maiores prioridades.

O outro desafio é vender um mundo dinâmico. Em termos do que pensamos ser importante, nós até baixaríamos um pouco a qualidade para termos um mundo dinâmico. Isso significa passagem de tempo dinâmica, várias coisas se movendo com o vento, reagindo a passagem do jogador e quando você andar por superfícies macias como areia e lama, deixará pegadas.

E talvez por último, serão os personagens críveis. Essa ainda é uma área em que dedicamos uma enorme de ênfase na animação, renderização de rostos de personagens e animação facial. No fim das contas, o que tentamos fazer é entregar a fidelidade onde realmente importa para o usuário final.

É claro que personagens mais realista e mundos mais dinâmicos serão muito bem vindos, mas desde o primeiro Playstation uma das coisas que mais me incomoda nos gráficos de um jogo são os serrilhados. Quando pego um título hoje em dia onde quase não consigo perceber esse problema, já é o suficiente para ficar um pouco feliz e gostaria muito que essa praga fosse eliminada de uma vez por todas dos jogos eletrônicos.

[via Gamasutra]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários