Meio Bit » Baú » Games » Brasileiro prevê terrível morte prematura para o PS Vita

Brasileiro prevê terrível morte prematura para o PS Vita

15/12/2011 às 8:16

dori_psv_15.12.11

Recentemente cometamos aqui sobre o Bossa Studios, empresa situada em Londres e criada por um brasileiro, que contratou Yoshifusa Hayama, produtor do The Last Guardian. Agora a desenvolvedora volta às notícias devido ao comentário do seu fundador, Henrique Olifiers, que previu momentos difíceis para o novo portátil da Sony, assim como para os próximos consoles, acaso algumas mudanças não aconteçam.

Vamos continuar de olho para ver o que a próxima geração nos trará, mas se eles quiserem focar em especificações técnicas ao invés da usabilidade e acessibilidade, não acredito que será para nós. Odeio o fato de que você não pode jogar um game no PS3 contra as pessoas que estão no 360 ou PC. Restrições em um mundo onde as pessoas estão livremente conectadas a todo tempo é uma ideia estúpida que limita o que é alcançável.

A Valve está certa: coisas proprietárias é loucura, deveríamos estar nos movendo para plataformas abertas, para a interoperabilidade, reunindo todas as pessoas. Se este não é o lema para as grandes fabricantes de consoles, não seremos apenas nós que não estaremos neles -- eles irão morrer de uma terrível morte prematura, o tipo que acredito, o Vita sofrerá.

Eu já declarei meu desejo por adquirir um Playstation Vita, mas no fundo acho que Olifiers tem alguma razão em seu comentário. Também gostaria que os videogames permitissem partidas entre jogadores de plataformas diferentes, mas não acredito que apenas isso será responsável por um insucesso, nem dos sucessores do Playstation 3 e do Xbox 360, nem do novo portátil.

[via Videogamer]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários