Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Instagram chega ao Orkut, digo, ao Android

Instagram chega ao Orkut, digo, ao Android

08/12/2011 às 9:25

Neste exato momento, enquanto digito essas mal traçadas linhas, hipsters sangram pelos olhos de dor e revolta. É que foi anunciado hoje por Kevin Systrom, CEO do Instagram, que uma das apps mais famosas do iOS chegará ao Android. Para quem não conhece o Instagram, é um aplicativo que permite "vintagelizar" fotos, dando um ar retrô e descolado. É a forma mais rápida e eficaz de estragar uma boa foto se você tiver um iPhone.

A popularidade do Instagram chega a ser no mínimo irônica, considerando que donos de iPhone vêem o próprio aparelho como sinônimo de status e exclusividade. Ao menos aqui no Brasil, considerando que nos EUA, por exemplo, até quem trabalha no McDonalds tem. A base de usuários atual é na casa dos 50 milhões e a expectativa da empresa é dobrar esse número quando o software for disponibilizado para a plataforma Android. Estima-se que o índice de suicídios perante usuários de iPhone aumentará em 400% nessa data, além da abertura de 37 milhões de novos Tumblrs postando mensagens depressivas usando fundos desfocados e fonte helvética.

Uma caneca da Apple "direto de 1977".

Brincadeiras a parte, o Instagram é uma ferramenta interessante e divertida, pois permite diversas modificações rápidas para estilizar fotos sem que qualquer conhecimento de edição de imagens seja necessário. É mais ou menos como o Guitar Hero: dá ao usuário a sensação de que ele é bem mais do que parece. Mas um usuário de Instagram é tão fotógrafo quanto um jogador de Guitar Hero é roqueiro.

Agora é esperar a chegada da versão Android e rolar de rir com os discursos elitistas e deprimidos dos usuários de iOS que perderam a "exclusividade" num universo de 50 milhões de pessoas. Vale ressaltar que antes de ser sinônimo de exclusividade e elitismo, o Instagram é uma empresa, e como toda empresa que se preze, está literalmente defecando para qualquer tipo de manifestação contrária a sua expansão.

Fonte

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários