Meio Bit » Baú » Games » Grupo quer que modificação de consoles seja permitida nos EUA

Grupo quer que modificação de consoles seja permitida nos EUA

07/12/2011 às 11:32

dori_ps3_07.12.11

As pessoas que defendem o direito de poder modificar seus consoles ganharam um forte aliado nesta batalha. A Electronic Frontier Foundation (EFF), organização que defende o direito da liberdade de expressão, quer que os consoles e tablets sejam inseridos na mesma lei de direitos autorais que permite aos proprietários alterarem seus celulares, algo que havia sido proposto por eles mesmos no ano passado.

Caso a ideia seja aceita, quem possui um console poderia usá-lo da maneira que achar melhor, seja instalando outro sistema operacional ou rodando aplicativos desenvolvidos por terceiros, não dependendo da aprovação dos fabricantes. Segundo Corynne McSherry, diretor da EFF, “o DMCA supostamente serve para impedir a violação de direitos autorais, mas ao invés disso é usado erroneamente para ameaçar criadores, inovadores e consumidores, desencorajando-os a usar plena e justamente suas propriedades.

Já a apresentação do projeto diz que “os videogames atuais são sofisticados computadores, capazes de rodar não somente jogos, mas sistemas operacionais completos. No entanto, as três principais fabricantes -- Sony, Microsoft e Nintendo -- tem implantado restrições técnicas que forçam os compradores de consoles a se limitarem a sistemas operacionais e softwares exclusivos oferecidos por vendedores autorizados, mesmo não havendo evidências de que outras opções irão infringir os direitos autorais.

O grande medo por parte das fabricantes em relação a abertura de seus sistemas está numa possível maior facilidade na reprodução de cópias ilegais de jogos, o que sinceramente acho válido e embora eu não sinta necessidade de “destravar” um dos meus consoles para rodar homebrews, durante um bom tempo pensei em fazer isso com o meu Wii, simplesmente porque esta seria a única maneira de jogar a versão europeia do Xenoblade Chronicles, mas felizmente a Nintendo mudou de ideia e lançará o jogo nos EUA.

Quanto a ser a favor ou não das modificações dos consoles, continuo pensando que enquanto as empresas não aceitam esse tipo de coisa, acho que não adianta fazer e depois reclamar porque foi banido e vale lembrar que embora o jailbreak em celulares já seja aceito nos EUA, fazer isso elimina a garantia do aparelho.

[via 1UP]

Leia mais sobre: , , , , , , .

relacionados


Comentários