Meio Bit » Baú » Indústria » "Usuários de iPod são ladrões"

"Usuários de iPod são ladrões"

14/11/2006 às 1:18

ipirata.jpg

Esse é o sentido da declaração de Doug Morris, CEO da Universal Music, em uma reportagem da revista Billboard, onde detalham a proteção que a Microsoft foi obrigada a pagar.

Sim, o termo, que lembra mais filmes do Scorsese, se aplica: Da venda de cada Zune a Microsoft pagará um percentual para as gravadoras, para evitar processos, propaganda negativa e garantir permissão para venderem as músicas dessas gravadoras. Notem, não estamos falando de royalties sobre as músicas vendidas. Falamos do equipamento. Mesmo que você não use seu Zune para ouvir nada além de podcasts, mesmo que você não o tire da caixa, parte do dinheiro pago irá para as gravadoras.

Isso não afeta os royalties pagos nas vendas de músicas na Zune Store.

Em uma declaração que o colocará fora da lista de cartões de Natal de muita gente, Doug Morris disse, sobre o Zune, iPods e players genéricos:

Esses dispositivos são apenas repositórios de música roubada, e eles [os fabricantes] sabem disso. Então é hora de pagarem por isso.

Eu poderia dizer que ladrão é a mãe dele, mas isso seria deselegante, jamais escreveria algo assim. Então, Mr Morris, fica aqui meu consolo: Em dez anos os artistas estarão todos trabalhando em regime de venda direta nas lojas do iTunes, do Zune e outras, CDs serão coisa do passado e sua indústria inteira perderá a razão de existir. Assustador esse futuro, não? Azar o seu, ele é inevitável, a não ser que mande um Exterminador para matar o Steve Jobs. E nem isso vais conseguir, pois geeks que criam máquinas do tempo adoram seus iPods. Seu destino, Mr Morris, será o poço de piche.

Via BoingBoing

relacionados


Comentários