Meio Bit » Arquivos » Mobile » Estratégias da Nokia para o futuro e... tablets?

Estratégias da Nokia para o futuro e... tablets?

01/12/2011 às 1:28

Em fevereiro deste ano, a Nokia apresentou uma nova estratégia: parceria com a Microsoft e o Windows Phone. A empresa que ainda se mantém bem forte aqui no Brasil (vejam, por exemplo, o Nokia C3...), já está trazendo seus primeiros smartphone com o OS da Microsoft para o país (Lumia 710 e o Lumia 800).

Nokia Lumia 800

Nokia Lumia 800

O CEO Global da empresa, Stephen Elop (que assumiu o cargo em setembro de 2010), comentou algumas das estratégias da empresa para o futuro. Uma delas é a conexão para os próximos 1 bilhão de celulares. Provendo melhor acesso a informação e a internet, um portfolio de produtos que inspirem o público e um ecossistema local de internet para otimizar a experiência destes novos consumidores.

A criação de aplicativos para quem ainda não possui acesso a internet também está prevista, com o MobileDeck, Nokia Life Tools e o Nokia Money. Todos baseados em SMS. A empresa também planeja incentivar o uso de redes sociais e programas de geolocalização, para quem já está conectado.

O novo portfolio de produtos fará uso de cores e de formatos diferentes para atrair o público jovem (só espero que não lancem aquele "smartphone" que o Cardoso mostrou aqui). Celulares com dois chips serão bastante encontrados nos que rodam Symbian S30 e S40, além da tecnologia Easy Swap que permite a troca dos chips sem a necessidade de desligar o aparelho. O Nokia Browser possui a tecnologia de compressão de páginas que permite acessar a internet de forma rápida e econômica (principalmente se você gasta por MB transferido). Por fim, todos os celulares com S40 possuem aplicativos e mapas.

Para os desenvolvedores, a Nokia introduzirá a possibilidade de comprar diretamente do seu aplicativo (chamado de in-app purchases), algo bastante presente no iOS. Além de suporte e oportunidades para os programadores locais (37 desenvolvedores da América Latina já atingiram 1 milhão de downloads).

Perguntado sobre a diferença entre Windows Phone da Nokia e os seus principais concorrentes, Stephen afirmou que o WP7 é diferente dos seus principais concorrentes por ser um ecossistema. A Nokia pretende diferenciar no design, fotografia e no software.

Sobre um futuro tablet da Nokia, Stephen não comentou sobre um rumor da França que garante que será lançado um tablet da empresa em 2012, mas afirmou que o Windows 8 trará uma nova experiência para o usuário, cuja interface é igual do Windows Phone (vou confessar: achei a interface do Windows 8 muito bonita, mas será que o usuário está preparado para essa mudança completa?). E que essa parceria entre Microsoft e Nokia será bastante interessa para a Nokia.

Esperamos que esse tal tablet da Nokia não seja mais um dentre outros, que traga algo realmente inovador (por um preço camarada?). E que a Nokia consiga, não apenas com o Windows Phone, mas tanto com o Symbian (que agora está na versão Belle, mas já está em desenvolvimento uma terceira) e com os seus celulares de baixo custo (que estão se tornando, cada vez mais, smartphones de baixo custo).

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários