Meio Bit » Baú » Games » Playground Sessions, aprenda piano jogando

Playground Sessions, aprenda piano jogando

28/11/2011 às 12:38

Largando o estilo mais descontraído dos jogos musicais convencionais (Guitar Hero e Rock Band) e partindo para algo mais sofisticado, Playground Sessions vem trazendo a mesma filosofia de jogabilidade do recente Rocksmith.

Criado pela empresa de invenção de marca ZAG, o software – que pode facilmente ser chamado de simulador de pianista – ensina o usuário a tocar piano em um ambiente interativo com feedback em tempo real.

Levado por suas pesquisas e conhecimentos de design, Chris Vance, diretor de gerenciamento do projeto, voltou-se para Jan Plass e Bruce Homer, sócios fundadores da NYU's Consortium for Research and Evaluation of Advanced in Education (CREATE) "para afinar elementos de design específicos a aprendizagem," disse Vance. Com o objetivo de "identificar padrões de projeto para jogos educacionais efetivos", a CREATE em iniciativa conjunta com a Microsoft Research, Games for Learning Institute (G4LI), alinhou-se com os requisitos de design inovadores do Playground Sessions.

Segundo Jan Plass, "a pedagogia por trás do Playground Sessions consiste em três poderosos mecanismos de aprendizagem — o poder motivacional dos jogos, a capacidade de jogos de envolver o aluno em atividades significativas que são eficazes para a aprendizagem, e a capacidade de fornecer feedback detalhado de desempenho para os jogadores."

O 'jogo' pode ser comprado por U$ 149,00 dólares e vem com 27 vídeos de lições interativas e ainda vem com 3 músicas da biblioteca do projeto para você escolher. Treinamentos adicionais serão lançados e distribuídos de graça. Cada música adicional custa U$ 6,00 dólares. Playground Sessions vem em versões tanto para Windows quanto para Mac OS (Linuxers gonna hate!).

Com isso, se tornar o próximo Ludwig van Beethoven vai ser só questão de algumas boas horas de treinamento intensivo e muita fé (ou não!).

[via Cool Hunting]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários