Meio Bit » Baú » Games » Rampage, mais um jogo que não deveria virar filme

Rampage, mais um jogo que não deveria virar filme

21/11/2011 às 12:51

dori_ram_21.11

É muito provável que você já tenha visto algum filme em que uma enorme criatura destrói uma cidade, seja ela uma iguana modificada pela radiação, um gorila que só queria ficar com a loira gata ou um bicho estranho que tinha problema de timidez e que quase não aparecia entre os prédios caindo. Mas mostrando que a indústria de Hollywood sofre com a falta de criatividade, a New Line Cinema iniciou a produção para levar a franquia Rampage para as telonas.

A produção ficará a cargo de John Rickard, que trabalhou em longas como o A Hora do Pesadelo e Premonição, já tendo se encontrado com roteiristas para conversarem sobre o enredo (tenho um sério medo em relação ao o que sairá disso aí).

Caso não lembre, a série nasceu nos arcades durante a década de 80 e nos colocava na pele de humanos transformados em monstros gigantes que deviam destruir uma cidade enquanto forças militares os atacavam e veja só que original, tirando um dos personagens que parecia um lobisomem, tínhamos a nossa disposição um macaco e um lagarto, claramente copiados do King Kong e Godzilla.

Eu nunca gostei dos jogos criados pela Midway por achar sua premissa sem graça e sua jogabilidade ridiculamente simples. Por tudo isso, acho uma péssima ideia transformar a marca em um filme, que provavelmente terá bons efeitos especiais e um enredo extremamente fraco e pouco original. Para ficar pior, só se o interessado pela produção fosse o Syfy Channel, pois neste caso teríamos certeza de que o filme seria mais uma pérola e fico me perguntando se eles aproveitariam para incluir na história a galinha assassina.

[via Hollywood Reporter]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários