Meio Bit » Baú » Games » Para Ken Levine, atual geração ainda tem lenha para queimar

Para Ken Levine, atual geração ainda tem lenha para queimar

08/11/2011 às 15:40

dori_bio_07.11

Enquanto alguns preferem reclamar que os consoles atuais estão ultrapassados e parecem não fazer o menor esforço para tirar o máximo do Playstation 3 e Xbox 360, alguns desenvolvedores continuam defendendo esses consoles e não mostram o menor interesse numa mudança de geração, caso de Ken Levine, criador da sério BioShock:

É claro que ainda há o que ser tirado dessas máquinas. Como jogador, não estou sofrendo pelas novas máquinas ainda. Você olha para o Arkham City, Uncharted e Gears of War e começa a perceber que para mim esses jogos não parecem velhos, parecem bastante atuais.

De um ponto de vista da jogabilidade, ainda há muito a ser tirado deles, há muito a ser explorado. Isso não significa que não será desafiador construir em cima de algo que já tenha feito – obviamente o Infinite será um grande salto em termos de tecnologia desde o BioShock 1.

Talvez o ponto principal do comentário de Levine seja a parte em que ele dá sua opinião como jogador, o que reforça a ideia de que talvez o real interesse por uma nova geração não seja da nossa parte, mas daqueles que querem apenas faturar com o lançamento de máquinas mais poderosas. Os gamers, esses acho que só estão preocupados em colocar as mãos em bons jogos, independentes dos gráficos serem mais realistas que os atuais, embora isso não deixe de ser bem vindo.

[via VG247]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários