Meio Bit » Baú » Fotografia » Panasonic Lumix GX 1

Panasonic Lumix GX 1

07/11/2011 às 22:18

E chega ao mercado mais uma câmera da Panasonic dentro do sistema micro-quatro-terços. O que há alguns anos seria uma grande novidade, agora passou até um pouco despercebido. Considerada uma das grandes inovações da fotografia, agora o sistema mirrorles da Panasonic, desenvolvido em parceria com a Olympus, é uma coisa normal e sem muita inovação. A Panasonic já lançou várias versões de suas novas câmeras e está GX1 chega apenas com a missão de vender mais algumas câmeras, visto que não nos mostra quase nenhuma novidade.

O design do novo equipamento segue a formula já criada pela empresa. União do melhor do mundo das câmeras compactas e da qualidade das câmeras reflex. A câmera chega ao mercado com 16 megapixels de resolução máxima em um sensor Live Mos com fator de corte de 2x. A câmera, de forma obrigatória, também faz filmagens em Full HD com 1080 linhas com 30 quadros por segundo no formato AVCHD. Podemos encontrar algumas coisinhas novas no equipamento como a velocidade ISO variando de 100 a 12.800, visor LCD de 3,5 polegadas sensível ao toque, capacidade de fazer 4,5 fotos por segundo em resolução máxima no modo contínuo. A empresa também garante que a duração da bateria é 11% maior que modelos anteriores.

Uma coisa realmente interessante no modelo é que é possível controlar o zoom das lentes com o toque no LCD quando a câmera estiver utilizando as novas lentes Lumix da série X. Notamos que cada vez mais as características das câmeras compactas estão sendo acopladas às câmeras mirrorless. A nova Panasonic GX1 chegará ao consumidor em dezembro e vai estar disponível em três versões. Apenas o corpo (US$ 699,00), com o kit normal com a lente 14-42mm (US$ 799,00) e com a lente do kit 14-42mm na nova versão X (US$ 949,00).

Panasonic Lumix DMC 3D1

Junto com a nova câmera mirrorless a Panasonic também está colocando no mercado uma compacta capaz de fazer fotos em 3D. Essa câmera é muito parecida com a tecnologia desenvolvida pela Fuji há algum tempo. São duas lentes na parte frontal da câmera e cada uma responde por um sensor CMOS retroiluminado de 12 megapixels e possuem 4x de zoom ótico. Elas podem trabalhar de maneira conjunta produzindo fotos em 3D ou vídeos em Full HD (1080 linhas) também em 3D. Elas também podem trabalhar de maneira independente. Você pode fazer a mesma foto com uma lente em grande angular e a outra em teleobjetiva. Também é possível gravar vídeo em 2D com uma lente e fotografar com a outra. Pode ser um equipamento muito divertido.

A câmera está equipada com o processador Venus Engine e pode fazer até 8 fotos por segundo no modo contínuo. Fecham o pacote o visor de LCD de 3,5 polegadas sensível ao toque e o estabilizador de imagem ótico. A nova Panasonic Lumix DMC 3D1 vai chegar ao mercado em dezembro com preço sugerido de US$ 499,99.

relacionados


Comentários