Meio Bit » Arquivos » Miscelâneas » Hora de comprar um Gadget novo. E agora: quem poderá me defender?

Hora de comprar um Gadget novo. E agora: quem poderá me defender?

26/10/2011 às 18:19

Algo que acontece de forma recorrente comigo, principalmente no Twitter: muita gente vem me questionar pedindo dicas sobre produtos, perguntando se deveriam comprar o aparelho A ou o B. Por sorte as perguntas resumem-se a produtos de tecnologia e carros de luxo, pelo menos até agora!

Cara de satisfação quando ouvimos essas perguntas

Atualmente, com a demanda por Smartphones crescendo mais que os seios da sua irmã adolescente, são constantes as perguntas, que dentre as mais comuns, destaco:

- Compro um Android ou um iPhone?

- Compro um iPhone ou um iPad?

- E aí, Galaxy SII ou iPhone 4S?

- Que Notebook eu compro?

Algumas perguntas até dá pra responder, mas em geral, são perguntas que envolvem essencialmente experiência de uso e percepção de valor, o que torna a tarefa de ajudar alguém a escolher o seu novo gadget quase impossível. Perguntar a alguém se você deve comprar um Smartphone ou um Tablet é como decidir entre um fogão e uma geladeira. Talvez você precise dos dois, talvez não precise de nenhum deles, mas eles são mutuamente exclusivos. Um não exerce a função do outro, um não ocupa o espaço do outro. Se você não precisa de nenhum deles, piorou. Você estará perguntando em que produto deve rasgar o seu dinheiro. Se precisa dos dois, cabe a você decidir qual é o mais necessário nesse momento.

Ter um amigo geek ou um "personal nerd" nessas horas ajuda apenas a sair de roubadas. O que essa pessoa pode fazer pra lhe ajudar não é dizer o que você deve comprar, mas o que você não deve comprar de jeito nenhum. Portanto, algumas dicas pra você escolher o seu novo cacareco eletrônico são:

- Defina a plataforma. Se você já é familiarizado com uma empresa ou produto, talvez permanecer nela seja uma boa pois você já conhece o caminho das pedras e terá poucas dificuldades de adaptação. Se pretende mudar, procure conhecer sobre a nova plataforma para ver se você irá se adaptar a ela. Fale com amigos, parentes, pessoas conhecidas que já utilizaram ou utilizam e tire suas dúvidas, leia fóruns, reviews, etc;

- Teste o produto. Se possível, tente ir até uma loja e testar antes o produto. Veja a qualidade do material, o design, a usabilidade geral, ou procure alguém próximo que possua o item que você quer comprar e tire algumas impressões (foi assim que fiz com minha segunda Ferrari);

- Analise os prós e contras. Veja se você realmente esta disposto(a) a gastar aquela grana, se há risco ou não de arrependimento e observe as políticas de devolução do produto caso você fique insatisfeito.

E uma dica final: nunca passe para outra pessoa o poder de decisão sobre a compra de um produto que pode lhe acompanhar por anos. Você pode acabar se frustrando com a aquisição e culpando um terceiro pela bobagem que você fez. Deixar os outros decidirem como você gasta o seu dinheiro só quando você for casado (fica o alerta).

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários