Meio Bit » Baú » Games » Valve acredita que serviços melhores é solução para pirataria

Valve acredita que serviços melhores é solução para pirataria

25/10/2011 às 15:55

dori_gab_25.10.11

A discussão sobre como acabar ou pelo menos diminuir significantemente a pirataria de jogos há muito tem rodeado a indústria e durante um evento nos Estados Unidos, Gabe Newell, co-fundador da Valve disse algo no qual sempre acreditei, que não é o preço que leva as pessoas a utilizar cópias ilegais.

Uma coisa que aprendemos é que a pirataria não é uma questão de preço, mas de serviço. A maneira mais fácil de parar a pirataria não é colocando para funcionar a tecnologia contra ela. Isso deve ser feito dando às pessoas um serviço que seja melhor do que elas estão recebendo dos piratas.

Por exemplo, a Rússia. Você diz, ‘oh, nós iremos entrar na Rússia’ e as pessoas dizem, ‘você está ferrado, eles pirateiam tudo na Rússia.’ A Rússia agora, depois da Alemanha, é o nosso maior mercado na Europa. Mas o ponto é que as pessoas que dizem que na Rússia pirateiam tudo são as pessoas que esperam seis meses para localizar seus produtos para o país.

É claro que as fantásticas promoções realizadas por serviços como o Steam, além da facilidade proporcionada pela compra digital também são fatores que fazem com que muita gente prefira comprar um jogo original, mas poder jogar online com os amigos, ter o game sempre atualizado e sem se preocupar em achar cracks e outras gambiarras também ajudam a fazer com que o jogador perceba que o barato pode não ser tão barato assim.

E por falar em localização, quando será que a Valve dará uma maior atenção ao Brasil, com o Steam por exemplo aceitando cartões nacionais na hora do pagamento?

[via Eurogamer]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários