Meio Bit » Baú » Games » Desenvolvedora defende engine do Modern Warfare 3

Desenvolvedora defende engine do Modern Warfare 3

21/10/2011 às 8:25

dori_mw3_18.10.11

Desde que a DICE divulgou o primeiro vídeo do Battlefield 3, várias pessoas começaram a dizer que a Activision estava em apuros pois o motor gráfico utilizado pelo jogo parecia muito superior a engine que há anos vem sendo o coração da série Call of Duty. Isso não deixa de ser verdade, mas para aqueles que imaginam que o Modern Warfare 3 não terá melhorias em relação ao anterior, Glen Schofield, gerente geral da Sledgehammer Games, estúdio que está ajudando na criação do jogo, saiu em defesa da IW Engine, alegando que a facilidade de atualização permitirá um jogo muito melhor que o anterior.

Trabalhei em várias engines ao longo da minha vida e gastei muito tempo colocando gráficos nelas e essa é um Porsche. O que quero dizer com isso é que ela tem o essencial, tudo nela é perfeitamente limpo. Pode-se dizer que ela tem sido trabalhada há anos, é facilmente atualizável.

Trabalhamos com engines anteriormente que eram uma grande confusão. Você não pode trabalhar numa parte e voltar sem bagunçar tudo. Os estágios do Modern Warfare 3 são tão maiores que os anteriores porque são mais verticais, possuem maior fidelidade, mais texturas e muito mais detalhes.

Repare que em momento algum ele menciona o concorrente, o que certamente é uma atitude inteligente e que fica ainda mais evidente quando ele nos pede para olhar “para os modelos dos personagens, das armas, os reflexos, a água,” e conclui afirmando que “há tantas coisas que adicionamos, então se alguém dizer que foi um ‘copiar e colar’, eu nem argumentarei com essas pessoas, porque elas não sabem o que falam, não fazem ideia.”

Mesmo assim, o que fará com que um dos jogos conquiste a preferência dos jogadores será a qualidade da campanha principal e a consistência do modo multiplayer, independente da qualidade dos gráficos e é certamente nisto que a Sledgehammer e a Infinity Ward estão apostando.

[via Eurogamer]

relacionados


Comentários