Meio Bit » Baú » Indústria » Novela da Foxconn–Capítulo MCXIIV–Agora Vai

Novela da Foxconn–Capítulo MCXIIV–Agora Vai

13/10/2011 às 18:34

OS_RIC~2 Dilma Rousseff pode ter a primazia de ser a primeira Presidenta mulher do sexo feminino do Brasil, mas seu ineditismo deixa de existir na área de promessas, por isso muita gente ficou com pé atrás quando ela anunciou entusiasmada em visita à China que a Foxconn produziria iPads no Brasil.

Para desgosto dos oposicionistas a notícia se mostrou verdadeira, mas como isso aqui é Brasil, CLARO que a implantação da linha de produção de iPhones e iPads na fábrica da Foxconn em Jundiaí não seria simples.

Entre brigas por subsídios, promessas mal-contadas por parte de todos os lados e um Ministro Mercadante borocoxö praticamente dizendo que melou tudo, quase perdemos a esperança, mas agora, segundo Informa a Reuters as negociações voltaram a andar!

O pacote continua incluindo duas fábricas novas para produção de telas touchscreen, mas por enquanto vão ficar com as peças importadas, que ganharam algumas vantagens fiscais.

Diz o Merca que ainda não há prazo final para concluir os acordos, mas o Chairman da Foxconn, Terry Goudiz que está tudo no esquema para produzirem iPads em Dzembro, já iPhones a fábrica está pronta para produção em massa, só esperando o Gou, digo, Go.

Também semana passada Dilma sancionou a Lei nº 12.507/2011, que isenta de PIS e Cofins os tablets produzidos no Brasil. Motorola, Samsung e Positivo já estão correndo atrás. A Expectativa é que com isso os tablets fiquem 30% mais baratos.

Será suficiente? Um iPad 2 3G 64GB no Submarino sai a R$2.599,00. Com o desconto camarada da camarada Dilma, sairia a R$1819,30. O Galaxy Tab 7 polegadas 16GB de miu reau sairia por R$700,00. Ainda longe DEMAIS da idéia de popularização defendida pelo Governo Federal. Um investimento em thin clients e desktops compactos seria bem mais eficiente nesse sentido.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários