Meio Bit » Baú » Demais assuntos » iMessage, o plano secreto da Apple para conhecer biblicamente as empresas de telefonia

iMessage, o plano secreto da Apple para conhecer biblicamente as empresas de telefonia

13/10/2011 às 10:07

imessage4

Que Steve Jobs odiava operadoras era fato conhecido. O iPhone original poderia ser muito melhor se não fosse a pressão das teles, e se não fosse a intransigência jobsidiana provavelmente teríamos iPhones com logo da Oi piscando no screensaver. Mesmo assim funcionalidades como Tethering são lobotomizadas em prol da viabilidade do aparelho junto a essas mesmas teles.

Como a vingança tarda mas não falha, agora que o iPhone está estabelecido a Apple lança o iMessage, O racional é simples: Como DIABOS (pode dizer diabos no MeioBit, editor? [pode – Ed]) um SMS custa uma fração razoável de um Dinheiro, se milhares de bytes custam frações de centavos, ou mesmo nada, nos planos ilimitados?

O SMS é uma das grandes fontes de renda das operadoras, principalmente em roaming, e sua precificação hoje é totalmente artificial, injusta e arbitrária.

Existem várias soluções para envio de mensagens via TCP/IP, contornando o SMS, mas todas caem a mesma vala-comum: Só funcionam se todo mundo usar a mesma aplicação, e ou não se integram ao SMS ou utilizam aqueles servidores master-suspeitos na Tasmânia Soviética Setentrional.

O iMessage resolve isso, sendo um sistema de mensagens integrado ao iOS, enviando textos e imagens via TCP/IP de forma transparente, E caso não haja link de dados ou o destinatário não esteja em um dispositivo iOS5, revertendo para o bom e velho (e caro) SMS.

Onde fica o iMessage? Não achei!

Fácil, gafanhoto: Vá no painel de controle do iPhone ou iPad, selecione Mensagens, a primeira opção é acionar o iMessage. Habilitado isso a aplicação de mensagens normal se torna um cliente iMessage, a usabilidade é a mesma.

“Como eu sei que estou usando iMessage e não pagando SMS?”

EXCELENTE pergunta. A solução normal seria um popup, uma setinha, uma legenda, mas a Apple preferiu optar por algo mais sutil. A indicação se a mensagem será enviada por SMS ou iMessage está… no botão.

iMessage2 imessage3

Reparou a sutil diferença? Um é azul, o outro verde. Se o botão está verde, significa que você enviará um SMS. Se está azul, ele detectou que o destinatário tem iMessage habilitado, e tudo é festa.

Quando você seleciona “Nova Mensagem” dentro do aplicativo já é possível identificar se o cidadão é iMensageável: Um lindo balão azul aparece do lado da Elite Dominante que ostenta esse inestimável recurso:

imessage1

Agora é sair mandando iMensagens como se não houve amanhã, pois no que depender das operadoras, não haverá mesmo.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários