Meio Bit » Baú » Indústria » Windows 8: Metro provavelmente não funcionará naquela porcaria que você chama de netbook

Windows 8: Metro provavelmente não funcionará naquela porcaria que você chama de netbook

10/10/2011 às 8:06

Toda vez que a Microsoft lança um sistema operacional novo um monte de gente reclama que precisa atualizar o hardware de seus sistemas antediluvianos para que o novo sistema rode de forma decente.

No caso do Windows 8 a quantidade de otimizações feitas conseguiu o feito de não só exigir especificações iguais ao Windows 7 como produziu uma performance melhor em sistemas limitados, como eu mesmo pude comprovar.

Mesmo assim ele só rodará na maioria dos netbooks e laptops mais velhos com cara de Windows tradicional, não com o Metro.

“mimimi a Microsoft quer me forçar a comprar um computador novo, mimimi”

Exato. É isso mesmo.

O Metro tem aquela cara limpa de Windows Phone por um motivo bem simples: ESPAÇO. Não dá para apinhar aqueles widgets todos em uma tela minúscula sem transformar o desktop em uma penteadeira de dama que troca favores por dinheiro.

Um dos GRANDES, senão o maior problema do Windows é a necessidade de manter compatibilidade com o legado. Se por um lado é bonito rodar aplicações DOS escritas quando os continentes ainda não haviam se dividido, a quantidade de gambiarras que isso exige é responsável por boa parte dos gargalos de segurança e performance do sistema.

A resolução mínima exigida pelo Metro é XGA, 1024x768, introduzida pela IBM em 1990. Isso foi VINTE E UM ANOS ATRÁS. Quando os netbooks surgiram, bem depois disso por economia começaram com resolução de 800x480 como o Asus eeePC 700, depois se estabilizaram em 1024x600, no bem-recebido EeePC 900, lançado em 2008.

Só que esses equipamentos foram projetados para rodar Linux ou Windows XP, um sistema operacional de 2001. 800x480 é resolução gráfica de celular, hoje em dia.

A Microsoft fez uma escolha rara para a empresa, algo digno e esperado de uma Apple: Determinou que NÃO vai forçar seu layout para se adaptar a telas apertadas demais, bateu pé, com o argumento de que uma resolução gráfica de 21 anos atrás já é suficientemente acessível para ser usada por qualquer dispositivo que não seja uma porcaria barata, e que se o seu sdruvsbook não consegue NEM essa resolução, tem mais é que não rodar Metro mesmo.

Claro, não usaram esses termos. Usariam se perguntassem ao Balmer, provavelmente.

Gente vai reclamar? Vai, mas azar. A Microsoft está aprendendo com seus erros, e não pretende repetir o Vista, quando cedeu à pressão dos fabricantes de hardware, certificou até controle remoto de garagem como apto a rodar Windows Vista e depois amargou a destruição de um sistema bem decente se rodado em máquinas decentes.

Quer rodar Metro? Tenha um computador que suporte um padrão gráfico criado 21 anos atrás. Me parece uma exigência razoável.

Fonte: msdn

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários