Meio Bit » Baú » Internet » Novos horários de publicação de DNSs

Novos horários de publicação de DNSs

23/10/2006 às 16:37

Na última sexta-feira, recebi um comunicado do Registro.br sobre novos horários de publicação de DNSs.

Anteriormente, as publicações eram feitas as 05:00, 13:00 e 21:00 horas, porém a partir de 23/10/2006 a publicação acontecerá a cada 30 minutos.

O Registro.br mudou da publicação completa para a publicação incremental, que é utilizada há tempos pelos órgãos de registro internacionais.

Para se ter uma idéia, a RFC de publicação incremental é datada de Agosto de 1996, ou seja, estamos 10 anos atrasados.

Trabalho há alguns anos com registro de domínios e é incrível a defasagem tecnológica do Registro.br.

Além desta questão da publicação, praticamente, todas as entidades internacionais oferecem alguma forma de API simples, para que qualquer revendedor possa registrar seus domínios através de seus próprios sites, coisa que o Registro.br não disponibiliza (pelo menos não de forma simples e documentada).

Antes do surgimento da ICANN (entidade com o objetivo de privatizar o registro de domínios), domínios americanos custavam em torno de US$ 100,00/ano e a burocracia era similar ao que temos hoje no Brasil, porém depois que foi criada a concorrência e várias entidades puderam entrar no mercado, é fácil, encontrar registros americanos custando por volta de US$ 1,00 e a burocracia foi reduzida consideravelmente.

Seria interessante, neste momento, que ultrapassamos a marca de 1.000.000 de domínios registrados, fossem criadas novas facilidades para que os registros de domínios nacionais ocorressem de forma mais simples, barata e principalmente, menos burocrática.

Nota:

Publicação e propagação são coisas diferentes, esta novidade não quer dizer que os domínios começarão a funcionar meia hora após o registro.

Após a publicação, um domínio pode levar até 72 horas para ser propagado por completo na internet, o que quer dizer que, mesmo publicado, seu site pode continuar inacessível até que seu provedor tome ciência desta publicação.

relacionados


Comentários