Meio Bit » Baú » Hardware » BigDog–o bisavô dos AT-ATs

BigDog–o bisavô dos AT-ATs

29/09/2011 às 12:35

troopers

OK, a rigor Star Wars se passa muito, muito tempo atrás, mas pra todos os efeitos é o futuro. A questão é que entre as incontáveis soluções encontradas pela Evolução, tirando aquelas plantas que crescem em filmes de faroeste nunca são usadas rodas.

A explicação é que naturalmente existem poucas áreas planas adequadas para veículos com rodas, as chances de um mamute ficar atolado aumentam muito se ele trocar pernas por pneus, mesmo sendo 4x4. Pernas são muito melhores para dominar terrenos acidentados, e 4 é o número ideal para balancear equilíbrio (pun intended), velocidade, tração e economia de energia.

O problema é que enquanto a natureza teve 6.000 4,2 bilhões de anos para aprender a controlar um conjunto de membros motores, fazer isso do zero em algumas décadas se torna uma tarefa ingrata, mas não impossível.

Desde os anos 50 máquinas com pernas ao invés de rodas são criadas, testadas e abandonadas. Em 2006 a Timberjack demonstrou um monstro de 6 patas para a indústria madeireira. Só que dirigir 6 patas é complicado, a grande vantagem dos cavalos é que há um cérebro entre o humano e as patas, um veículo burro não tem essa possibilidade.

Até agora. A idéia de um veículo de patas com inteligência é muito atraente, principalmente para militares, que sempre dependeram de auxílio animal em regiões acidentadas, como montanhas. Por isso a DARPA – divisão de pesquisas avançadas das forças armadas dos EUA – financiou uma pesquisa para criar um auxiliar robô autônomo que acompanhasse um grupo de soldados, lidasse de forma independente com a tarefa de caminhar em terreno acidentado e, principalmente, carregasse um bom peso, aliviando o trabalho dos soldados.

A empresa escolhida foi a Boston Dynamics, que desenvolveu o BigDog. Depois de 5 anos o robô se sai impressionantemente bem no mundo real. Veja o vídeo: O “momento WTF” é quando um sujeito chuta o bicho, que perde momentaneamente o equilíbrio, se recupera e continua caminhando, LIKE A SKYNET BOSS:

Só que não fica por aí, a DARPA comissionou a Boston Dynamics para criar o BullDog. Um projeto de 30 meses que criará um robô com autonomia de 32Km ou 24h, capaz de caminhar em 90cm de água e carregar 180Kg de suprimentos.

Seguindo a tradição tecnológica de transformar espadas em arados, imagine como um BigDog pode ser útil para idosos, deficientes. Um cão-guia é excelente mas não carrega suas compras. Um robô quadrúpede autônomo tem muito mais facilidade para lidar com os obstáculos de nossas casas e ruas do que um robô de rodas, que não sobe escadas.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários