Meio Bit » Arquivos » Indústria » Tablets: a new hope

Tablets: a new hope

21/09/2011 às 9:00

Algumas pessoas estão apostando sério na tendência de crescimento dos tablets no Brasil e no mundo. Se por aqui a moda parece ser fabricar seu próprio aparelho, lá fora (e em alguns casos) tem gente ainda discutindo como isso vai substituir o mobile como Santo Graal e salvar o mundo.

Faz pouco tempo que os computadores portáteis sem teclado viraram moda, graças em sua maior parte à Apple. No Brasil, a moda é ainda mais recente. Mesmo assim, estima-se que as vendas de produtos semelhantes cheguem a 450 mil unidades em 2011. Parece muito, mas ainda é menos de 1/20 do total de computadores vendidos no país. Info aqui sobre este assunto.

Vários fabricantes estão tentanto pegar carona na corrente. Entre eles há até uma instituição de ensino, a SEB, cujo presidente/dono afirmou ser este o caminho natural para a educação no país. Só a empresa absorveu cerca de 15 mil unidades em 2011 e deve consumir mais algumas dezenas de milhares de unidades nos próximos anos.

Na outra ponta, uma pesquisa revelou que o novo foco mercadológico dos editores britânicos agora é entregar conteúdo em apps dentro de tablets e lucrar com publicidade ou micropagamentos. Aliás, na opinião deles, as 3 maiores oportunidades para produtores de conteúdo atualmente são, nesta ordem: tablets, smartphones, redes móveis (mobile web no original).

O que não ficou claro para nós como diabos redes móveis pode ser uma opção completamente diferente de tablets e smartphones.

Veja mais sobre a pesquisa aqui.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários