Meio Bit » Baú » Games » Funcionário da LucasArts critica sequências anuais

Funcionário da LucasArts critica sequências anuais

16/09/2011 às 15:17

dori_gui_14.09.11

Em um artigo bastante interessante publicado no site da revista Edge, Clint Hocking, diretor criativo do Far Cry 2 e que atualmente trabalha na LucasArts, fez duras críticas ao modelo adotado por algumas empresas de lançar sequências anuais para seus jogos, o que estaria fazendo com que elas matem as suas galinhas dos ovos de ouro.

Embora seja claro que as sequências anuais reduzam os custos de desenvolvimento e amortize o custo dos jogos originais ao longo das sequências, eles também possuem a maior chance de cansar o público e o maior risco de falhar subitamente.

Em outras palavras, você pode vender muitas cópias de duas ou três sequências, mas irá cansar o público muito rapidamente e provavelmente terá gasto todo o seu dinheiro na quarta continuação antes de perceber que o público está cansado do jogo e não o irá comprar.

Concordo com Hocking, mas também entendo que as empresas precisem tirar o máximo possível de algumas marcas e acho que o importante é elas saberem adicionar inovação às sequências, o que invariavelmente não acontece. No fim, parece utópico e não deixa de ser cair no lugar comum, mas acredito que caiba mesmo ao jogador decidir se deseja continuar comprando o mesmo jogo ano após ano, apenas com um nova roupagem, ou se vale a pena arriscar em novas séries e descobrir novos universos que podem ser bastante criativos.

[via VG247]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários