Meio Bit » Baú » Games » Preview: Warhammer 40,000: Space Marine

Preview: Warhammer 40,000: Space Marine

12/09/2011 às 20:30

Você, caro leitor, com certeza já deve ter ouvido falar da franquia Warhammer. Sinceramente, não conheço praticamente nada. O que me chamou atenção em Warhammer 40,000: Space Marine (além do nome maneiro), foi essa mistura estranha e legal ao mesmo tempo do medieval com futurista. Mas como se trata de um demo com fases aleatórias, vou me ater mais ao gameplay, deixando o enredo de lado.

Os gráficos são medianos e mesmo assim pecam em alguns pontos. O level design é razoável, mas ao menos consegue trazer aquele clima de destruição da guerra. A trilha sonora é bem discreta, mas cumpre bem seu papel. Seus inimigos são basicamente orcs. Essa ambientação toda, me lembra muito o Doom Troopers de SNES/Mega Drive 🙂

Não há como negar: a jogabilidade é o ponto forte do game. Nesse quesito, Space Marine é uma miscelânea de estilos. Seu personagem usa 4 armas de fogo diferentes: pistola, sniper, metralhadora e uma espécie de lança-granadas com acionamento remoto (Red Faction Guerilla, alguém?). E também armas de combate corpo a corpo, de início uma espada com uma motosserra no lugar de lâmina (Marcus Phoenix, um abraço!), mas pode ser trocada por machados, entre outras. Em se falando da parte shooter, é basicamente a mesma jogabilidade e perspectiva de Gears of War, porém sem o cover (segundo um comentário que vi no Youtube: "before cover, men had BALLS").

No corpo a corpo, é hack and slash puro! E além dos combos que podem ser feitos semelhante a maioria dos jogos do gênero, temos um outro fator bacana, mas não inédito: com o ataque secundário você deixa seu inimigo tonto e pressionando o B (no caso do Xbox 360) seu personagem "finaliza" o inimigo de diversas maneiras: usando a motosserra como em Gears of War, dando um pisão e estourando a cabeça lembrando um pouco Bulletstorm ou empalando como em Legacy of Kain: Soul Reaver. Aliás, Space Marine traz outra semelhança com o game do vampiro Raziel, quando você usa esses ataques, enquanto o sangue voa pelos ares, você recupera parte de sua energia. Até onde vi, não existem med kits no jogo ou auto-cura. Sendo assim, quando estiver com pouca energia, ao invés de se abrigar, vá até o inimigo mais fraco e trucide ele!

As batalhas acontecem mais ou menos assim: Alguns orcs com armas de fogo ficam em pontos estratégicos, onde podem atirar em você e se abrigar. Já outros, vem em hordas, usando armas como machados. Então, fica naquilo: você atira nos que estão longe e nos que estão vindo para cima de você, atire até acabar o pente e depois use sua espada, pois com as sequências de golpes violentos você pode acertar VÁRIOS inimigos ao mesmo tempo (no melhor estilo Dynasty Warriors). Um detalhe visual: durante as batalhas, a armadura do seu personagem vai ficando coberta de sangue.

Se você leu até aqui e achou que a jogabilidade era bem diversificada, se prepare: você ainda poderá contar com um Jet Pack. A segunda fase do demo é voltada totalmente para uso deste equipamento. Você poderá usar ele como "dash" no solo e logicamente para alcançar pontos mais altos da fase. E a parte mais legal é subir o mais alto possível, olhar para baixo (você verá um alvo amarelo no chão), pressionar o botão de ataque e ai de quem estiver no chão: seu personagem cai feito um míssil, devastando tudo e todos que estiverem no solo. Sem contar que é possível atirar no ar também.

CONCLUSÃO
Em uma palava: "mistura!" Warhammer 40,000: Space Marine, apesar de trazer muito do que já vimos em diversos jogos, inova na maneira como combina os elementos de jogabilidade de gêneros diferentes e também no seu visual futurista misturado com medieval, mas sem uso de magia (pelo menos até onde joguei). E mesmo não o considerando um "must have", merece a atenção do gamer que curta qualquer um dos gêneros que ele engloba (shooter/hack and slash). Depois de experimentar jogando o demo, estou pensando seriamente em pegá-lo, mas não agora no lançamento.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários