Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Google anuncia novo website de música: Magnifier

Google anuncia novo website de música: Magnifier

09/09/2011 às 16:22

Magnifier

Acabo de receber o press-release do Google anunciando o Magnifier, um novo website destinado à descoberta de novos artistas e faixas de música.

Hospedado dentro do Blogger, o site-serviço apresenta projetos curados internamente e oferece a possibilidade de adicioná-los ao seu playlist no Google Music Beta.

Após adicionar música, as faixas vão parar no GMB e podem ser ouvidas imediatamente, na hora.

Gmb0 Gmb1

A primeira impressão é de que o Magnifier é apenas mais um blog, e é. Exceto pelo fato de associar instantaneamente o conteúdo selecionado ao serviço de streaming da casa.

O material indicado pelo Magnifier é praticamente todo composto por novos artistas e, apesar de não ter muitos títulos ou projetos, encontrei algumas coisas bacanas por ali que estou escutando. Há uma grande maioria de artistas indies, mas também boas indicações (na faixa!) de projetos agradáveis de jazz, R&B, entre outros.

Não sei se chega a ser alguma resposta para o iCloud da Apple ou o serviço de Streaming da Amazon, é muito modesto para isso. Entretanto, o anúncio relativamente discreto do serviço (à base de convites e press-releases) pode suscitar que a Google também tenha algo a oferecer para música.

O serviço do Google Music Beta (que na verdade não está em Beta, é esse o nome dele mesmo) é funcional e bem integrado, tão bem como qualquer outro serviço do portfolio mobile da Google. Não existem limitações ou restrições para a subida de músicas no serviço e a integração com smartphones e tablets é simples e fluída, e continua como já falei aqui, inclusive.

Por enquanto, o GMB funciona com as músicas que você quiser adicionar ao serviço ou com as faixas gratuitas curadas e organizadas agora com a ajuda do Magnifier. Ou seja, nada de Google Music Store por enquanto, embora especule-se que haverá tal oferta no momento oportuno, a.k.a. "quando o concorrente mostrar o dele, mostro o meu".

A Google já aprontou, mesmo que indiretamente, quando aprimorou a interface do GMB para dispositivos portáteis - com toda uma atenção especial ao iPhone/iPad - e milhares de blogs pelo mundo indicavam como fazer para se rodar o Google Music Store dentro do iOS. Claro, de mentirinha, mas muitos não acharam graça em Cupertino. E tiveram que engolir quietinhos pois, nisso (o simples criar de um Bookmark), quem manda é o usuário. Ponto. Apesar de que se houvesse um jeito de "controlar" isso, impedindo ou capando, aposto que a Apple já teria feito.

E lá na outra ponta, a Amazon fica dançando em volta do Hulu sem fazer uma oferta final, mesmo que tenha diversos motivos consistentes para compra-la logo de uma vez. Parece-me que todos os players estão com o dedo no botão de pause, esperando ver quem aperta o play primeiro...

Como já se sabe, o Google Music Beta está disponível para Androids e Tablets na Android Market e o Magnifier pode ser conhecido aqui.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários