Meio Bit » Baú » Games » Steam: Olhem para o futuro e parem de nos copiar

Steam: Olhem para o futuro e parem de nos copiar

31/08/2011 às 17:28

dori_ste_01.09.11

Na atual situação, se alguém disser que o Steam corre risco de quebrar, essa pessoa seria taxada como louca, mas o mundo da tecnologia está cheio de histórias de companhias e ideias que desapareceram após algum concorrente criar algo mais impressionante e se a pessoa que fez tal afirmação for Gabe Newell, fundador e diretor da Valve, então acho que devemos prestar atenção na previsão.

Eles olham para o Steam como é hoje e dizem, ‘Aha, nós podemos fazer algo parecido com ele também.’ O que essas pessoas não percebem é que esse é apenas o início. A taxa com que as coisas estão mudando é dramática. As coisas que fizemos no Steam irão parecer muito primitivas em alguns poucos anos.

Nós estamos aterrorizados com o futuro. Você precisa olhar para o que está acontecendo com a Apple, o Google Android e pensar que isso pode impactar a sala de estar de uma grande forma. Você precisa olhar para o Onlive e como ele está integrado com a televisão.

E desta vez temos a opinião de alguém que domina o mercado de distribuição digital afirmando que o Onlive pode dar certo, assim como os smartphones poderão roubar o espaço outrora dominado por empresas com mais experiência no ramo. Confesso que ainda acredito que exista espaço para os consoles e os computadores como plataformas de jogos no meio dessa revolução que vem sendo anunciada, mas será que a opinião de Newell não seria o suficiente para nos fazer acreditar na hipótese de que em breve “todo o mundo” usará seus celulares como forma meio principal para jogar?

[via VG247]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários