Meio Bit » Baú » Internet » Alemanha declara guerra ao Facebook

Alemanha declara guerra ao Facebook

29/08/2011 às 11:09

Thilo Weichert, Comissário de Proteção de Dados do Estado de Schleswig-Holstein – na fronteira com a Dinamarca – ordenou que todas as fanpages de órgãos públicos do Estado fossem removidas do Facebook, bem como os botões LIKE.

Os usuários também foram alertados para não clicar em plugins sociais ou criar contas no Facebook.

O Comissário Thilo alega que o Facebook rastreia perfis de usuários, mantendo dados de toda sua movimentação pela Internet, violando as rígidas Leis de Privacidade Online germânicas.

O Facebook respondeu que isso é besteira, mas ao invés de proferir elogios à mãe do Comissário (du blöde stinkfotze) preferiu explicar que guarda IPs como qualquer outro serviço online, são apenas logs, morrem em 90 dias.

Não satisfeito, Thilo Weichert decretou uma solução final para o problema do Facebook: Donos de sites residentes no Estado de Schleswig-Holstein devem remover imediatamente toda integração com o Facebook, sob pena de sofrerem ações legais por parte do Governo. Quem não concordar até o final de Setembro sofrerá multa de 50 mil Euros.

A princípio as Leis de Privacidade na Alemanha parecem draconianas, quase Nazgûl (achou que eu fosse dizer outra coisa?) mas vendo o histórico do país, elas são compreensíveis. O povo alemão sofreu horrores nas mãos da Gestapo, que ao contrário do que os filmes mostram não era nem de longe amada pela população ou pelas forças armadas. Com a divisão da Alemanha no pós-guerra boa parte do país ficou à mercê da STASI, a Polícia Secreta da Alemanha Oriental.

A idéia de repetir o passado causa calafrios em qualquer alemão que seja novo o bastante para ter estudado história ou velho o bastante para vivê-la. Nenhum Estado de Exceção começa em seu auge. As liberdades e direitos vão aos poucos sendo retirados, até que desapareça o direito de reclamar da falta de direitos.

Pode ser um exagero, mas se eu fosse Alemão também não iria me arriscar.

das font: Boston.com, etc

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários