Meio Bit » Baú » Internet » Facebook liberado para o público

Facebook liberado para o público

27/09/2006 às 13:53

A rede social Facebook era voltada somente para estudantes e professores cujo acesso só era permitido se a instituição de ensino fosse cadastrada. Mas agora você também já pode se cadastrar e usufruir de seus serviços.

Inicialmente, usuários intermediários, que já estão acostumados a lidar com o Orkut, por exemplo, não terão dificuldades em utilizar o sistema. Com design clean e bastante intuitivo, o Facebook disponibiliza basicamente tudo que uma rede social pode oferecer.

Mas vamos ao detalhes:

- Velocidade do sistema excelente;
- Você pode enviar ilimitadas fotos;
- Crie grupos públicos, privados e/ou secretos;
- Opção de selecionar quem tem permissão para ver seu perfil;
- Serviço de mensagem interna;
- Crie eventos e compartilhe com seus amigos;
- Importe o conteúdo do seu blog para dentro do seu perfil;
- Você pode desativar e reativar sua conta quando quiser;

Existe também no perfil do usuário um mecanismo chamado Mini-Feed, onde mostra as 10 últimas coisas que você fez dentro do Facebook, ou seja, se você entrou para um grupo, adicionou um amigo ou adicionou uma foto, ficará indicado no Mini-Feed detalhadamente como se fosse um histórico dos seus atos.

A visualização do perfil é esteticamente agradável. Você encontra tudo em um único lugar e, ao mesmo tempo, de forma rápida e fácil.

Existe também o sistema denominado Badges, que é a customização do seu perfil para ser exposto em seu blog ou site. Basta colar o código no seu blog para que todos possam ver o seu perfil. Ah! Esta opção é atualizada automaticamente, conforme você for modificando seus dados dentro do Facebook e não precisa ser membro deste serviço para visualizar.

Para os desenvolvedores, o Facebook também disponibiliza a sua própria API (Application Programming Interface), onde você poderá criar seus próprios projetos extendendo as suas funcionalidades.

Bom, depois desta análise, podemos ter uma idéia da diferença entre Facebook e Orkut. O primeiro é bem mais completo, repleto de detalhes e funcionalidades. O sitema de ajuda do Facebook realmente tira todas as suas dúvidas de forma clara e objetiva. Já o Orkut, como disse o amigo Cardoso, está morto. Além de ser desprovido de recursos, a invasão dos brasileiros inviabilizou o Orkut para o mercado internacional.

relacionados


Comentários