Meio Bit » Baú » Mobile » “vem ni mim” diz Microsoft para desenvolvedores WebOS

“vem ni mim” diz Microsoft para desenvolvedores WebOS

22/08/2011 às 11:03

A decisão da HP de matar o WebOS foi especialmente cruel para os desenvolvedores, pois não significou o fim de um produto, mas do ecossistema inteiro. Ninguém mais faz dispositivos WebOS, ninguém tinha planos pra isso e agora muito menos, por mais que a HP diga que o sistema não está realmente morto.

Não que sejam uma horda digna de Saruman, mas desenvolvedores são desenvolvedores (exceto ASP, claro). São o segredo da sobrevivência de uma plataforma, e nunca são demais.

De olho neles a Microsoft foi bem ágil: Brandon Watson, Diretor Senior do Windows Phone 7 soltou o seguinte twit, dia 19:

Snap198

Desenvolvedores WebOS com apps publicadas (pra não virar bagunça) ganhariam treinamento, software e até telefones para desenvolver aplicações no Windows Phone 7.

Poucos gestos da Microsoft foram mais coerentes com a filosofia “Developers, Developers, Developers”, algo tão essencial que mesmo a Apple, que funciona por mágica investiu US$100 milhões fomentando desenvolvedores para iPhone, em 2008.

A resposta foi avassaladora. Fora os contatos via Twitter, Brandon recebeu mais de 500 emails em apenas 22 horas. Até programadores da Palm escreveram pedindo emprego.

Apesar do que pensavam os compradores do Kit5 nos Anos 90, aplicações não surgem do nada, desenvolvedores são parte essencial do ecossistema. A única estranheza no caso foi Google e Apple não terem entrado no pacote, fazendo suas próprias propostas indecentes.

A impressão é que cometeram a suprema arrogância –que nem a Microsoft ousou- de achar que são grandes demais e não precisam de mais desenvolvedores.

Fonte: Slashgear

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários