Meio Bit » Arquivos » Hardware » WebOS? MOR-REU. HP Touchpad? Exterminado. Palm Pre? Headshot. PCs? Não estão se sentindo muito bem

WebOS? MOR-REU. HP Touchpad? Exterminado. Palm Pre? Headshot. PCs? Não estão se sentindo muito bem

19/08/2011 às 13:23

webos

O cronograma foi mais ou menos assim:

1/7/2011 – Lançado, depois de um tempo enorme de desenvolvimento o HP Touchpad, o iPad Killer rodando o revolucionário sistema operacional WebOS, comprado com os destroços da Palm, por US$1,2 bilhões.

5/8/2011 – Com vendas lastimáveis, é iniciado um processo de descontos, o Touchpad sairia por US$100,00 a menos que o preço de lançamento.

Semana passada: Best Buy bota a boca no trombone, diz que comprou 300 mil Touchpads, vendeu menos de 25 mil. Quer o dinheiro de volta.

18/8/2011 – HP anuncia que tirou de linha o Touchpad, e no pacote o PalmPre, o celular rodando WebOS que tinha tudo pra dar certo, exceto sistema operacional, design, aplicações e desempenho.

O ciclo completo do Touchpad foi de 49 dias. A única outra vez que algo assim aconteceu foi com o Microsoft Kin, aquele telefone para teens que era bem legal mas esqueceram que nem todo mundo é filho de executivo rico da Microsoft, colocaram o preço e planos nas alturas, a Verizon não ajudou nos pontos de venda e o Kin bateu as botas com 48 dias de vida.

Pelo menos não tinha se comprometido a ser killer de nada, ao contrário do Touchpad.

A HP diz que não está matando o WebOS, apenas cessando o desenvolvimento, acabando com o hardware e se colocando acessível para parceiros, afinal não é como se houvesse um sistema operacional mobile Open Source que as empresas pudessem usar, não é mesmo?

Para colocar o dedo na ferida mais ainda, informações de alcova dizem que a HP rodou o WebOS em um iPad. Ficou duas vezes mais rápido que no Touchpad. Assim fica difícil competir.

Na parte de telefones, o Pre com WebOS só serviu para agradar as viúvas da Palm, que ainda tentam sobreviver com seus Treos. Uma metáfora de interface diferente, NENHUMA aplicação e preço nas alturas é forçar a amizade.

Agora a parte mais louca de todas: Em 12, no máximo 18 meses a HP decidirá o destino de sua divisão de Sistemas Pessoais, o pessoal que faz… PCs. Não dá nem para dizer que não estão vendendo, a HP desovou 14,9 milhões de PCs no último trimestre, são o maior fabricante dos EUA, controlando 17,5% do Mercado. Mesmo assim, se a avaliação não for positiva, venderão a divisão.

Não que a HP não tenha lá suas loucuras, em 2004 ela conseguiu sabe-se lá como licenciar e produzir… iPods.

Fonte: ATD

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários