Meio Bit » Baú » Hardware » Da série “que diabos eles estavam pensando (ou fumando)?”

Da série “que diabos eles estavam pensando (ou fumando)?”

14/08/2011 às 10:00

Existe muita idéia idiota por aí, mas normalmente mesmo fruto de uma mente distorcida, mesmo impraticáveis ou seguras ou viáveis, essas idéias idiotas ao menos tem uma semente de realidade, ao menos se propõe a resolver um problema real.

Aquela idéia incrivelmente idiota de uma capa de iPhone com abridor de garrafas por exemplo. Mesmo SEM iPhone associado abridor é o que mais some em festas. São jogados dentro do barril das bebidas, um pede emprestado para outro que por sua vez empresta para outro, são deixados em cima de mesas molhadas, etc, etc. Mas mesmo com tudo isso o problema inicial, “abrir garrafas” é resolvido.

Qual o problema a ser resolvido por esta bagaça aqui?

mousedomal

Isso que você está vendo é um mouse com uma tela de LCD, e nem descrevo duvidando da capacidade intelectual do leitor do MeioBit, o faço apenas como ênfase, pois criaturas sensatas se recusam a acreditar em algo assim.

Gente normal divide as mãos entre mouse e teclado (descontando período dedicado a conteúdo educativo, claro). Em NENHUM momento estamos olhando para o mouse. Acessório esse que aliás está a maior parte do tempo COBERTO por nossa mão.

Pra piorar essa bicheira, vendida pela Brando por US$32,00 não é SEQUER algo semelhante a um dispositivo Windows SideShow, uma tecnologia excelente mas dispensável, por isso não pegou.

A telinha não passa de um porta-retratos digital com INCRÍVEIS 8MB de memória. Você não pode rodar um filme nela ou usar para… sei lá, mostrar o framerate de um jogo.

Eu achava que colocar monitores na lateral de gabinetes era uma idéia besta, mas pra superar esse mouse só um monitor com uma segunda tela na traseira, para você postar seu status e dizer se está ocupado ou não.

Quem patentear, por favor me pague os %10 pela idéia.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários