Meio Bit » Arquivos » Games » QTE não será ponto principal do Tomb Raider

QTE não será ponto principal do Tomb Raider

05/08/2011 às 15:54

Eu me lembro perfeitamente da minha reação ao ver um quick-time event pela primeira vez ao jogar o Shenmue. A princípio fiquei sem saber o que fazer direito, mas depois achei a ideia genial por dar um ar cinematográfico ao jogo. De lá para cá muitos jogos adotaram a técnica, mas o conceito passou também a ser criticado porque em alguns casos acaba tirando a liberdade das mãos do jogador.

Durante a E3 passada o pessoal da Crystal Dynamics mostrou um pouco da jogabilidade do novo Tomb Raider e conforme pode ser visto no vídeo abaixo, o trecho possui uma série de eventos roteirizados e a utilização de QTE, o que deixou algumas pessoas preocupadas, mas para o diretor criativo Noah Hughes, a técnica não será a.

Uma das coisas que é absolutamente importante para nós é entregar uma experiência cinematográfica intensa. Em alguns momentos específicos sentimos que a melhor maneira de fazer isso – apesar de ainda entregar uma jogabilidade desafiadora – é utilizando quick-time events.

Isso dito, essa não é a ferramenta principal que usaremos para entregar drama ao jogo. A ideia da câmera durante a jogabilidade normal, o sistema de animação, de áudio e os grandes eventos do mundo, todas essas coisas irão entregar o impacto emocional de diferentes maneiras.

Eu normalmente defendo a criação de jogos parecidos com filmes, mas é claro que isso não pode fazer com que a jogabilidade, o aspecto principal de um jogo, seja deixada de lado. Tenho uma grande expectativa por esse Tomb Raider e torço para que o estúdio acerte a mão.

[via Eurogamer]

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários