Meio Bit » Baú » Games » Diablo III só poderá ser jogado online

Diablo III só poderá ser jogado online

01/08/2011 às 8:52

dori_d3_01.08.11

Algumas decisões tomadas pelas desenvolvedoras podem fazer com que os jogadores desistam de comprar os jogos em que elas estão trabalhando, mas quando o assunto é o Diablo III, um dos títulos mais aguardados dos próximos meses e que está nas mãos de um dos mais idolatrados estúdios do planeta, será que mesmo com a implementação de algumas funções controversas a expectativa dos fãs não diminuirá?

A questão foi levantada depois que a Blizzard confirmou algumas características do jogo que deverão deixar muitas pessoas indignadas. A primeira e que talvez incomode menos é a possibilidade de comprarmos e vendermos itens do jogo usando dinheiro real. Alegando que isso adicionará profundidade ao game e que se trata de algo que os jogadores pediam, não chega a ser um modelo de microtransações, já que a companhia mesmo não venderá tais itens e sim os jogadores, mas como era de se esperar, uma pequena parte das transações irão para os cofres da Blizzard. A boa notícia para os menos abastados é que também haverá uma loja de leilão onde só poderemos usar ouro virtual, mas resta saber se os melhores itens também aparecerão por lá.

A segunda novidade é que a produtora não permitirá a criação de mods para o Diablo III. A motivo para isso seria evitar os trapaceiros e quando pegarmos o jogo terá um tópico na licença de uso que deixa bem claro que não poderemos o modificar de maneira nenhuma, acabando assim com o sonho daqueles que esperavam criar suas próprias histórias utilizando o game.

A Blizzard parece estar bastante preocupada em relação as pessoas que podem prejudicar a experiência e isso pode ser visto na última revelação, aquela que deverá causar mais reclamações. Isso porque o game só poderá ser jogado online e a justificativa para a decisão foi que se eles permitissem que jogássemos mesmo estando desconectados e evoluíssemos nossos personagens até o nível 30, 40 e depois partíssemos com ele para uma partida online, teríamos que começar do zero porque eles não teriam como averiguar se usamos alguma trapaça.

Claro, esta é a Blizzard pensando sempre nos jogadores, afinal, eles não poderiam simplesmente impor essa limitação de que um personagem usado no offline não poderia ser utilizado online. A desculpa me parece fraca e tem muito mais a ver com a pirataria do que com qualquer outra coisa e o produtor sênior Alex Mayberry não escondeu que este foi um dos motivos.

Mesmo admitindo que isso pode ser bastante irritante, não acho esse problema assim tão grave, mas quero ver se agora o pessoal que adora criticar a Ubisoft por adotado a mesma postura em alguns dos seus jogos também não poupara “elogios” para criticar a Blizzard.

[via Rock, Paper, Shotgun]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários